home

Diário da Raiza - Brasileiro de MTB XCO 2018


24 JUL, 2018     Gustavo Figueiredo     2    



Depois de sofrer os reflexos de uma grave lesão em seu joelho nas duas últimas provas da Copa do Mundo de MTB XCO, Raiza Goulão voltou para o Brasil para defender sua camisa de campeã nacional. Confira a seguir o relado da atleta sobre sua participação no Brasileiro de MTB XCO 2018, em São Paulo e quais serão os próximos passos da atleta.

Relato

Quando os desafios que surgem no caminho põem à prova o nosso trabalho, dá até um gostinho especial enfrentá-los. Difícil é quando os desafios vão além de nossas capacidades físicas...

Foto 68879
   Fabio Piva

Depois da queda sofrida em um dos treinamentos da etapa de Val di Sole (ITA) da Copa do Mundo de MTB, e na sequência ter participado de três provas da competição, realizei uma ressonância, chegando ao Brasil. A imagem diagnosticou uma fratura na patela do joelho direito, que foi lesionado.
Em São Paulo, fui atendida pela Dra. Fernanda, da clínica Move, onde fui muito bem acolhida e tive todo o respaldo dela e de sua equipe. No primeiro momento, aos nos depararmos com o resultado crítico do exame, o prognóstico não era nada animador: as chances eram grandes de sequer poder correr o Brasileiro de MTB.

Decidimos, então, buscar a opinião do especialista em tratamento de lesões em joelho, o ortopedista Dr. Marco Demange. Com ele, chegamos à conclusão de que era possível eu competir no Brasileiro sem que houvesse um agravamento da lesão. Voltei ao uso de anti-inflamatórios, que eu havia cortado alguns dias antes. Com a dor amenizada pelos medicamentos, consegui retomar meus treinos.

Foram semanas complicadas mentalmente, com várias coisas acontecendo comigo. Não só em relação à bike, mas também na vida pessoal. Mesmo assim, consegui me conectar bem nos dois dias de treinos lá no Lar Nossa Senhora Aparecida (local do Brasileiro de MTB), tanto na sexta-feira (20), quanto no sábado (21). Respeitei sempre meu corpo, focando na prova do domingo (22), com a estratégia de que, se eu sentisse dores fortes, optaria por abandonar.

Larguei bem, sem sentir dores, mas acabou que as energias do dia não conspiraram a meu favor. Desde já agradeço a todo o suporte que tive do Time Groove XCO aqui no Brasil, que apoia o Time Raiza Goulão. Nosso mecânico fez toda a revisão da minha bike, mas quando iniciei a corrida minhas marchas não se encaixavam. Não conseguia forçar nas subidas.

Logo na primeira volta, tive um maior contratempo, que foi o fato de arrebentar o power link da minha corrente. Fui correndo para o apoio (empurrando a bike) e tive a sorte da quebra da corrente ter ocorrido em um trecho da pista não muito distante do ponto em que estava o mecânico. De todo modo, isso me custou um bom tempo. A troca da corrente, na maioria das vezes, é um procedimento demorado. Voltei à prova, mas ainda com problemas de marchas. Minha bike não fluía e eu não conseguia subir bem. Tive que parar no segundo apoio (na segunda parte da pista em que é possível que o mecânico auxilie a atleta) para arrumar.

Com a ajuda do Pedro Gaminha, a quem eu agradeço pelo carinho e atenção, descobrimos que minha gancheira estava empenada. Durante o aquecimento estava tudo certo, com a revisão muito bem-feita. Mas, infelizmente, foi esta peça que me tirou a chance de disputar o título Brasileiro.
Fiquei feliz e honrada, de toda forma, de ver a Jaqueline Mourão competindo novamente no Mountain Bike e por sua conquista do Campeonato Brasileiro. Isso ajuda a engrandecer o nosso esporte e também a elevar o nível das meninas no Brasil na elite feminina, o que é muito bom.

Foto 68878
   Fabio Piva

Daqui para frente, terei uma semana de total recuperação do meu joelho direito, acompanhada pela Doutora Fernanda, para recuperar o mais rápido possível, junto com meu treinador Victor Rodrigues. Agradeço de coração a todas as pessoas que estão mandando mensagens de apoio. Como um amigo, o José Gabriel, me disse: foi um turbilhão de emoções que chegou à minha vida nas últimas semanas. Dedico essa medalha de prata ao Coach Flavio Magtaz, um segundo pai, e gostaria de parabenizar os amigos que também correram.

Foi uma honra estar ao lado do time Raiza Goulão e ver a evolução das meninas. A Camilinha com o bronze na junenil e a Aninha com a prata na infanto-juvenil, em um fim de semana repleto de fortes emoções e de bons momentos entre amigos. Todas essas nossas medalhas, tanto do Time Raiza, quanto do Team Groove XCO, com o Zé Gabriel e com a Marcelinha, com certeza são dedicadas ao Flavio. Somos muito gratos a eles.

Andar com fé eu vou porque a fé não costuma falhar! #TIMERAIZA Raiza Goulão


Comentários

  • avatar

    Verinha Cani   

    Verinha Cani   

    Vc é uma guerreira! !! Boa recuperação! E parabéns! !!
    5 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    NINÃO   

    NINÃO   

    Parabéns Raiz logo Ta na ativa FORÇA
    5 mes(es) atrás - Denunciar




  • Relacionados