home

Descida das Escadas de Santos 2018 - Giovannini acaba com jejum brasileiro


6 MAR, 2018     Gustavo Figuereido     3    



No último fim de semana, Gabriel Giovannini quebrou um jejum que já perdurava desde 2009 sem vitórias brasileiras na Descida das Escadas, prova realizada na cidade paulistana de Santos. A competição é disputada no Morro do Pacheco e envolveu 80 atletas de cinco países diferentes.

Foto 66765
   Marcus Cabaleiro / DHU Santos

Depois das eliminatórias realizadas no sábado, dez atletas fizeram semi final no sábado pela manhã, quando Gabriel já fez um bom tempo. Na final, o ciclista enfrentou mais quatro adversários, cravando o tempo de 56seg435 mesmo com o pneu pulando do aro bem no final de sua descida.

Foto 66767
   Marcus Cabaleiro / DHU Santos

"Fiz um tempo muito bom na semi e já entrei na final com um tempo muito bom, mas sabia que ainda dava para tirar um pouco. Na final larguei forte mas acabei desclipando o pé na primeira curva. Fiquei preocupado e achei que não ia dar para vencer. Forcei mais em outros trechos pedalando onde não costumava pedalar, fiz uma descida boa e sem erros. No último pulo o pneu saiu do aro mas mesmo assim consegui a vitória", afirmou o atleta que ainda levou o título da Copa America de DH 4X.

Foto 66768
   Marcus Cabaleiro / DHU Santos

Lucas Borba, o segundo colocado, fechou com o tempo de 57seg302. "Na semi acertei o pé no palanque do corrimão e na decisão acabei batendo a roda da bike neste mesmo local. Tive que pedalar muito para recuperar o tempo, mas acabei um pouco acima dos 57 segundos cravado no início do dia", disse Lucas.

Foto 66766
   Marcus Cabaleiro / DHU Santos

"Daria para fazer um tempo melhor, com certeza, na casa dos 56 segundos. Seria possível, mas de qualquer forma estou contente, porque sigo evoluindo. Meu principal adversário, o Gabriel Giovaninni está de parabéns pela vitória", completou.

Entre as mulheres, Bruna Ulrich mostrou estar em um patamar mais elevado do que suas adversárias nesta competição, fechando com um cerca de 17 segundos de vantagem sobre Patricia Loureiro, a segunda colocada.

Masculino

1 – Gabriel Giovannini 56,4 segundos
2 – Lucas Borba 57,3 segundos
3 – Bruno Silva 58 segundos
4 – Wallace Miranda 59,3 segundos
5 – Frederico Vieira 58,6 segundos

Feminino

1 - Bruna Ulrich 1:15.659
2 - Patricia Loureiro 1:32.256
3 - Amanda Dutra Santos 1:35.813







Comentários

  • avatar

    Simone Vieira dos Santos   

    Simone Vieira dos Santos   

    A cada edição, o piloto Bruno Silva vem se destacando. Em 2017 ficou em quarto lugar e este ano em terceiro. É uma promessa para as próximas edições do evento. Compete com raça!
    3 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Flavio Martins   

    Flavio Martins   

    Bruno Silva tá andando muito domínio total da bike pro pessoal do comércio de bikes que quiser investir em um piloto de extremo talento sugiro apoiar esse cara. DHU de Santos é um evento irado!
    3 mes(es) atrás - Denunciar




  • Relacionados