MENU

Desafio Santana-Arapiraca - Resultados da Paris-Roubaix do Brasil

Disputa reuniu mais de 400 atletas de vários estados brasileiros e do exterior

“Sensacional e emocionante”. Assim pode ser descrito os dois dias de pura adrenalina do 7° Desafio Santana-Arapiraca Sesc / Alagoas de Ciclismo, ocorrido nos dias 06 e 07 de novembro em seis cidades do Agreste e Sertão de Alagoas.

Mais de 400 ciclistas de vários estados do país e até do exterior participaram das competições de 100km (sábado) e 200km (domingo) naquela que é considerada a Paris-Roubaix do Brasil, pelo trajeto arrojado de estradas de terra, asfalto e paralelepípedo, envolvendo a beleza da caatinga e semi-árido do Nordeste.

Os grandes vencedores foram: Jadson de Araújo (Júnior), Cleiton Bernardo (Master A), João Bosco (Master B), Antonio Luciano (Master C), Sharlys Silva (Sub-30), Silvania Ferreira (Sub-30 Feminino), Renata Rodrigues (Elite Feminina) e Gesiel Nunes (Elite Masculina).

Sábado

O primeiro dia de muita emoção envolveu atletas de sete categorias – cinco masculina e duas feminina. E nem mesmo os mais otimistas pensariam que alguém poderia completar os 100km em menos de três horas, porém foi o que aconteceu. Sharlys Silva de Oliveira, de Campina Grande, na Paraíba, cruzou a linha de chegada primeiro e foi o mais rápido nas competições do sábado. A pernambucana Renata Rodrigues também se saiu bem e foi a primeira entre as mulheres.

Na categoria Júnior, destaque para o paraibano Jadson de Araújo (Campina Grande/PB) que foi o primeiro colocado, seguido por João Vitor Novaes Barros (Aracajú/SE), Iago Gama dos Santos (Arapiraca/AL) e Edmilson Lima dos Santos (Nossa Senhora das Dores/SE).

A Master A também foi pura disputa. Cleiton Bernardo (Recife/PE) conseguiu vencer a disputa na categoria. David Monteiro Neto (Santa Cruz do Capibaribe/PE), Francisco Ronaldo de Souza (Fortaleza/CE), Rogério Pacheco (Ribeirão das Neves/MG) e José Luciano da Silva (Maceió/AL) completaram o pódio.

Na Master B, João Bosco Vasconcelos passou a linha de chegada em primeiro. José Agnaldo da Silva (Maceió/AL), Marco Antônio Batista (Aracajú/SE), Luiz Carlos Silvestre (Góias) e José Estevam da Silva (Arapiraca/AL) passaram em seguida.

Já na Master C, o maior prêmio foi para Antonio Luciano (Recife/PE). Ele completou a prova a frente de Ubiratan Maurício (Recife/PE), Erasmo Alves da Silva (Maravilha/AL), Ailton José dos Santos (Brasília/DF) e Nelson Moreira Gomes (Sobradinho/DF), respectivamente.

O primeiro colocado da Sub-30 foi Sharlys Silva de Oliveira (Campina Grande/PB), o segundo José Edson da Silva (Arapiraca/AL), o terceiro Natanael José dos Santos (Arapiraca/AL), o quarto Anselmo Siqueira (Jurema/PE) e o quinto Jailson da Silva Melo (Maceió/AL).

Entre as mulheres, a já consagrada Renata Rodrigues deu um novo show. Ela conseguiu chegar entre os trinta primeiros colocados de todas as categorias, inclusive sendo a campeã da Elite Feminina, a frente da também excelente ciclista, Lidianne.

Na Sub-30, foi a alagoana de São Miguel dos Campos, Silvania Ferreira da Silva que se destacou com o primeiro lugar. A segunda posição ficou com Janaina Lopes Duarte, também de São Miguel dos Campos.

Domingo

O segundo dia de provas foi ainda mais emocionante. A largada com os melhores competidores do Brasil aconteceu às 9h, em Santana do Ipanema, e após quase oito horas de corrida, os atletas chegaram ao Parque Ceci Cunha, em Arapiraca, onde uma multidão os aguardava.

Na reta de chegada o pernambucano José Alberto e o goiano Gesiel Nunes foram para o sprint roda a roda. Porém, num momento de pratica anti-desportiva, José Alberto usou o braço para derrubar seu adversário e acabou cruzando a linha de chegada em primeiro. A direção da prova optou por desclassificar o pernambucano e sagrar o goiano como o grande campeão de 2010.

O colombiano Luiz Meija Sanches foi o segundo colocado. Wesley Souza, de Sergipe, o terceiro, Sharlys Silva de Oliveira, da Paraíba, o quarto, e Pedro Paulo Alves, de Pernambuco, o quinto, completando o pódio.

O Desafio ainda premiou o sexto colocado – o pernambucano Cícero Márcio, seguido por Wellington Lima de Souza, Marcelo Ramos e José Roberto Gomes, todos também de Pernambuco. O décimo colocado foi Abraão Azevedo, de Brasília/DF.


Relacionados

Comentários



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.