MENU

Coronavírus - França proíbe prática de ciclismo recreacional e esportivo

País europeu é o terceiro a tomar esta medida, depois de Itália e Espanha

     

Depois que a Itália e a Espanha proibiram a prática do ciclismo recreacional e esportivo para evitar sobrecarregar ainda mais os hospitais e tentar conter a propagação do Coronavírus, agora foi a vez da France tomar uma atitude semelhante. Ontem, em sua conta do Twitter, a Fédération Française de Cyclisme anunciou que a atividade está "temporariamente proibida", para acompanhar a normatização oficial do governo.

Ainda na quinta-feira, o ministério do esporte francês afirmou que a prática diária esportiva deve se limitar a uma hora para crianças e 30 minutos para adultos. Além disso, corredores devem ficar a menos de 2km de suas residências.

"A prática do ciclismo esportivo, como é comumente aceita, não se enquadra nas condições previstas pelo decreto, e portanto serão consideradas ofensas constitucionais", afirmou a federação em nota. "Qualquer prática de ciclismo esportivo, mesmo que individual, deve então estar temporariamente proibida".

O país está em quarentena desde terça-feira e, e seu último pronunciamento, o presidente Emmanuel Macron afirmou o termo "guerra" em seis ocasiões. No país, as pessoas precisam obter uma permissão da polícia para sairem de suas casas. Aqueles que estiverem na rua sem autorização estão sujeitos a uma multa de 135 euros. O país europeu tem, no momento, cerca de 11 mil casos confirmados da doença e 371 mortes pelo Covid-19.

     


Comentários



Mais Notícias