Seção de Fotos Vazia Copa Paraná de MTB XC - Roberta Stopa e Gilberro Góes vencem - Pedal
home

Copa Paraná de MTB XC - Roberta Stopa e Gilberro Góes vencem

Competição acontece na pista que será o brasileiro de cross country


24 MAI, 2010     Guiné    



No Parque Cambuí, em Campo Largo/PR, depois de duas voltas no circuito de 6,5km, a atleta Roberta Stopa cruzou a linha de chegada em primeiro lugar, fazendo jus ao seu favoritismo e sagrando-se campeã da Copa Paraná de Mountain Bike 2010.

Segundo Pinduca, organizador do evento, o número de voltas foi reduzido de 4 para 2, por orientação do Comissário da CBC/UCI, Inverson Ladewig. "Ele optou por reduzir duas voltas em todas as categorias devido às condições da pista, que se encontrava extremamente “jardim de lama”, o que elevaria o tempo de cada volta, fugindo dos critérios estabelecidos pelas regras da UCI”.

Roberta Stopa relata que foi necessário pedalar cautelosamente, pois os dias chuvosos nas vésperas do evento deixaram a pista cheia de lama e raízes escorregadias.

"Após a largada foi realizado um start loop, dando inicio à primeira volta. Antes de entrar na trilha, assumi a ponta da categoria elite feminina e administrei esse trecho pedalando forte. Logo em seguida, havia uma trilha dentro da mata onde era impossível pedalar. Utilizei o famoso empurra bike, única forma de passar naquele trecho. Confesso que prefiro pedalar.” Afirma Roberta Stopa.

“Nas entradas e saídas de trilhas e matas, pude perceber que estava liderando e senti que tinha que manter o ritmo e seguir as orientações do meu treinador: Cadu Polazzo. Antes de fechar a primeira volta, havia um cruzamento de dois pontos da pista. Uma descida que exigia concentração devido à quantidade de lama. Deslizei por ela e tomei um "capote" que serviu de espetáculo para o público. Além do título, faturei os pontos no ranking nacional e um super escorregão, mas não tive nada”, comenta a atleta em risos.

“Impressionante como 1 segundo pode tornar-se uma eternidade! Tive a sensação de ter perdido um tempão, ouvi vários gritos de incentivo para continuar e não fiz outra coisa: Levantei-me, encaixei-me na bike e pedalei para frente. Destaco agradecimentos especiais para os amantes de bike da região. Senti uma vibração especial junto de mim.”

Roberta Stopa relata ainda que, ao passar no ponto de apoio e contornar o lago sem avistar adversárias, abriu a segunda volta com mais tranqüilidade, se dando ao luxo de uma “paradinha” para limpar a bike. "Meu equipamento foi essencial para essa conquista, eu precissava mantê-lo 100% para garantir a vitória, pois a competição só acaba na bandeirada". A atleta finalizou a prova sob aplausos da torcida e assediada pela imprensa.

“Essa recepção calorosa muito me motiva. Afinal, é o reconhecimento pelo meu trabalho que tem sido completamente voltado para o cross country.” Diz, emocionada, Roberta Stopa.

“Para nós atletas, quanto pior, melhor! Vou manter essa idéia durante minha preparação para o Campeonato Brasileiro de Mountain Bike Cross Country que se realizará neste mesmo circuito em 18 de julho.” Diverte-se a atleta.

Resultado Oficial:

Elite Feminino - 2 voltas

1ª Roberta Kelly Stopa - Specialized / MOB / Br Esportes - 01:19:09
2ª Erika Fernanda Gramiscelli - Circuit Racing / KHS Bikes - 01:22:40
3ª Rosangela Maria Bilinski - Smel Araucária - 01:36:55

Elite Masculino - 4 voltas

1º Gilberto Veiga de Goes - Avai / Florianopolis - 01:59:09 - 14,10km/h
2º Gesiel Nunes de Lima - JC Bikes / Orbea - 02:00:40 - 13,92km/h
3º Odair Pereira - Scott / Prochock / Vzan / Santa Rita - 02:00:56 - 13,89km/h

:: Todos os resultados oficiais

http://site.probikeadventure.com.br/uploads/bb354c95-aeb5-3d98.pdf


Comentários



Relacionados