home

Copa Internacional de MTB 2017 #2 - S. João del-Rei - Avancini e Letícia Cândido vencem no XCO


10 JUN, 2017     Gustavo Figueiredo    



O terreno seco e o sol forte testaram a resistência dos atletas da Super Elite (Feminina, Masculina e Sub-23) na 2º etapa da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike (CIMTB Levorin). Porém, estes fatores não intimidaram Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) e Letícia Cândido (TSW Racing Team) que levaram a melhor na tarde deste sábado (10) no Campus Tancredo de Almeida Neves da Universidade Federal de São João del-Rei.

imagem
Henrique Avancini lutou ao lado de Cocuzzi pela vitória (Foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin)

O campeão pedalou durante todo o tempo ao lado do segundo colocado, Luiz Henrique Cocuzzi (Equipe Lar), e acabou cruzando a linha de chegada em primeiro. Na Elite Feminina, Erika Gramiscelli (Gramiscelli Bikes) foi o vice-campeã.

Avancini pedalou junto com Cocuzzi durante todo percurso. Os dois lutaram pela primeira colocação e Cocuzzi chegou a cruzar em primeiro quatro das seis voltas. No Sprint final, o vice colocou força, mas não alcançou o líder do campeonato. “Cheguei com uma carga grande de treinamento e o Cocuzzi está em uma forma realmente muito boa. Hoje, eu não estava muito afiado para realizar bons ataques, mas eu tentei andar de maneira constante. O Cocuzzi vem de uma sequência de provas na Europa e está com um ritmo de competição muito bom e isso foi bom pra mim. Mesmo eu não tendo ficado confortável, foi ótimo pelo o que eu tenho pela frente”, comentou Henrique Avancini.

Para Cocuzzi, o resultado deu a ele um parâmetro do bom rendimento. “Fiquei feliz com meu rendimento hoje. Eu estava o tempo todo junto com Avancini, ele atacava, e minha perna estava respondendo. Pena que eu não consegui passar ele na chegada, mas estou muito feliz com o resultado e vamos para a próxima”, disse.

Na Elite Feminina, Letícia Cândido abriu uma vantagem grande de todo pelotão. E mesmo com o bom desempenho, ela garante que não foi fácil. “A gente larga forte e mantem forte o tempo todo, e a partir da terceira volta, eu via que as meninas estavam encostando, então eu tive que colocar mais força no final. Foi uma prova que eu liderei de ponta a ponta, mas eu fiz muita força durante o percurso todo”, comentou Letícia.

A vice, Erika Gramscelli diz que a experiência faz diferença para o bom resultado. “Eu acho que primeira coisa é o amor pelo esporte e a dedicação de muitos anos como profissional. Eu abdiquei de muita coisa da minha vida para dedicar a esse esporte e fazer dele uma profissão. Está no DNA. O mais importante é o espírito que eu carrego a mais de 20 anos e mais de 15 anos de CIMTB. Então a experiência, a dedicação e os planejamentos são fundamentais para tantos anos com bons resultados”, finalizou Erika.


Comentários



Relacionados