Copa do Mundo de Pista 2017 - Gideoni representará o Brasil neste fim de semana


16 FEV, 2017     Gustavo Figuereido    



O atleta Shimano Gideoni Monteiro (Indaiatuba/HTPro Nutrition/Força Aérea Brasileira) encerrou nesta segunda-feira (13) sua preparação para a etapa colombiana da Copa do Mundo de Ciclismo de Pista, após o período de uma semana treinando no Velódromo Municipal de Maringá (PR). Nesta terça-feira (14) Gideoni embarcou para Cali, na Colômbia, para disputar a terceira etapa da competição, programada para esta sexta até domingo (17 a 19).

imagem
Gideoni Monteiro (Fernando Siqueira / FS Fotografia)

"Este período em Maringá foi importante, porque fizemos muitos treinos específicos para a Ominium. Treinamos bastante vácuo com moto no Velódromo, entre outros treinos", destaca Gideoni. "Durante a minha preparação de base treinei visando o ano todo. Porém, surgiu a oportunidade de disputar esta etapa da Copa do Mundo, muito importante para manter uma boa posição no ranking e garantir uma vaga no Campeonato Mundial, que será realizado em abril, em Hong Kong, onde pretendo chegar focado e com força total", avalia Gideoni, número 38 no ranking UCI da modalidade Omnium.

A etapa de Cali da Copa do Mundo será a primeira competição internacional de Gideoni Monteiro no ciclismo de pista, após ter representado o Brasil na Rio 2016, quebrando uma sequência de 24 anos sem o País ter um ciclista no Velódromo Olímpico. "Foi uma alegria e honra muito grande poder representar o Brasil nos Jogos Olímpicos, ainda mais sendo disputado na nossa casa", relembra Gideoni.

imagem
Gideoni na Rio 2016 (Saulo Cruz/Exemplus/COB)

"Acho que é um sonho para todo atleta. Poder chegar até ali foi uma recompensa de vários anos de trabalho. É muito gratificante e me arrepia até hoje. Quando entrava na prova, não pensava apenas em competir defendendo meu nome, mas de toda uma nação. Não estava ali correndo só por mim, mas por todo um País. Busco a cada dia me dedicar mais e chegar na excelência, para em cada prova que disputar, representar bem o Brasil", completa.


Comentários





Relacionados