home

Copa do Mundo de MTB XCO #1 2013 - Nícolas Sessler preparado

Atleta brasileiro está na Europa em preparação


15 MAI, 2013     Guiné    
     


Considerado uma das promessas do mountain bike brasileiro, o ribeirão-pretano Nícolas Sessler embarcou na última sexta-feira para a Europa, onde realizará treinamentos específicos e disputará quatro competições, sendo três etapas da Copa do Mundo.

“Esse período de treinamento e competição faz parte da minha programação desde que me tornei atleta da Caloi Elite Team. É uma oportunidade única e quero aproveitar da melhor forma possível. Estou muito entusiasmado”, disse Nícolas Sessler, que receberá orientações do atleta alemão Wolfram Kurschat, um dos ciclistas mais conceituados do mountain bike mundial (campeão Alemão, pódios nas etapas da Copa do Mundo e top 5 em Mundial).

“Será um grande aprendizado e vai agregar muita experiência para a minha carreira. Na Europa, o nível do mountain bike é muito mais elevado. Vou encarar circuitos mais técnicos, o que vai gerar mais dificuldade”, acrescentou.

Nícolas Sessler,18, ficará na cidade alemã de Neustadt, que fica localizada a 100 quilômetros de Frankfurt.

Na Europa, Nícolas Sessler disputará quatro competições. A primeira será a etapa de Albstadt, na Alemanha, da Copa do Mundo, marcada para o próximo dia 18. Sete dias depois, ele corre a etapa de Nove Mesto na Morave, na República Tcheca.

O ribeirão-pretano ainda disputa a Bmc Racing Cup, na Suíça, dia 9 de junho, antes de competir na etapa da Itália da Copa do Mundo, marcada para o dia 15.

“É muito difícil falar em resultado nessas provas. É meu primeiro ano na categoria sub-23 e quero aproveitar a oportunidade para treinar e ganhar experiência visando o meu futuro”, completou.

No ano passado, Nícolas Sessler conquistou dois resultados históricos para o mountain Bike brasileiro. Ele foi medalha de bronze nas etapas da África do Sul e dos Estados Unidos da Copa do Mundo. De quebra, encerrou a temporada na sétima posição no ranking juvenil da UCI (União Ciclística Internacional) - a melhor colocação na história do país.

Já neste ano, o ribeirão-pretano subiu quatro vezes ao pódio. Ele foi vice-campeão da etapa de abertura do Caloi GP Ravelli e da Copa Nacional da Costa Rica, válida pelo ranking da UCI (União Ciclística Internacional). O ciclista ainda ficou na terceira colocação na Copa Brasil de Cross Country e na segunda etapa do Caloi GP Ravelli.


Comentários



Relacionados