MENU

Copa do Mundo de MTB 2024 - #2 Araxá - Organização planta mil árvores em nome da sustentabilidade

Plantações, visando reduzir emissões de CO2, acontecem até o fim deste mês de fevereiro

Release de imprensa
A disputa de competições de mountain bike, vertente do ciclismo realizada em locais off-road rodeados por exuberante natureza, sempre ocorre em harmonia com a sustentabilidade e o meio ambiente. Prática constante em eventos da Copa Internacional de Mountain Bike há alguns anos, o plantio de árvores nativas visando reduzir emissões de CO2 está confirmado mais uma vez. A ação ocorre em uma parceria do Projeto Plantar com a organização local da etapa de Araxá da UCI Mountain Bike World Series, a Copa do Mundo de MTB.

Banner da campanha - Imagem: CiMTB/Divulgação
Banner da campanha - Imagem: CiMTB/Divulgação


O ciclo de plantio de um lote de 1.000 árvores teve início no final do último mês de janeiro e segue até o dia 27 de fevereiro, nos municípios de Bambuí, São Roque de Minas e Tapira, todos eles na região da Serra da Canastra. Os municípios são vizinhos de Araxá, com distâncias que variam entre 50 a 160 km da cidade que receberá entre os dias 18 e 21 de abril a segunda etapa de 2024 da Copa do Mundo de MTB.

"Estamos repetindo a ação que tivemos na última edição da Copa do Mundo no Brasil, em abril de 2022, na cidade de Petrópolis, porém com uma grande diferença. Enquanto naquela edição nós plantamos após o evento, este ano já estaremos no evento com as árvores plantadas e o sequestro de Carbono em andamento. Além do sequestro de carbono o plantio acontece em áreas degradadas recuperando nascentes e cursos d’água na bacia do Rio São Francisco, imagens do plantio e projetos de educação ambiental serão mostrados a comunidade do ciclismo durante o evento", explica André Xavier, um dos principais responsáveis pelo Projeto Plantar - Empresa Amiga da Natureza.

Foi através do plantio de 700 mudas nativas de reflorestamento, que a Copa Internacional de Mountain Bike tornou-se parceira do Projeto Plantar, após a etapa de Araxá da competição, realizada no ano de 2021. A campanha Empresa Amiga da Natureza busca reduzir as emissões de CO2 através do plantio de mudas nativas em áreas degradadas.

Publicidade


Cada árvore plantada gera uma "certidão verde", ou seja, a certidão de nascimento de que esta árvore foi plantada. Com um QR Code (código de rastreamento), é possível acompanhar como anda o plantio da árvore, no site dp Projeto Plantar.

O Projeto Plantar é a primeira startup de reflorestamento voluntário com rastreamento QR Code da América Latina. A empresa busca subsídio financeiro em empresas de responsabilidade ambiental, aplicando diretamente no outro extremo, ou seja, nas áreas de produtores rurais de agricultura familiar, através do reflorestamento de nascentes em curso d'água e em áreas degradadas, sem qualquer custo para o produtor.

"É sempre um grande prazer para nós da CiMTB participar desta ação ao lado do Projeto Plantar. A Copa Internacional nasce na metade dos anos 1990 com total respeito à natureza e sempre pensando em questões de sustentabilidade e meio ambiente. Assim, não poderíamos deixar de repetir nesta inédita etapa da Copa do Mundo de MTB em Araxá, o que já fizemos em outras provas que realizamos no passado recente", enaltece o organizador local da etapa de Araxá da Copa do Mundo e do circuito da CiMTB, Rogério Bernardes.

O projeto
O Projeto Plantar trabalha com o plantio de árvores nativas em áreas de degradação ambiental, buscando realizar o reflorestamento desses locais, seja através da campanha Empresa Amiga da Natureza, ou através de eventos/ações realizadas por empresas com foco em Meio Ambiente.

A campanha
O plantio é realizado pela parceria do Projeto Plantar com empresas de responsabilidade socioambiental através da campanha Empresa Amiga da Natureza. A parceria é associada a um selo que pode ser utilizado por parceiros em suas redes sociais, etiquetas de produtos, embalagens, dentre outras formas de marketing verde. O foco principal é auxiliar empresas interessadas em atuar de forma sustentável no mercado a reduzirem seus impactos ambientais. Dessa forma, ao mesmo tempo que a empresa reduz a sua "pegada ecológica" ela ajuda o Meio Ambiente a se recuperar, plantando árvores e sequestrando dióxido de carbono da atmosfera.


Relacionados

Comentários

Outras notícias

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.