MENU

Copa do Mundo de MTB 2024 - #1 Mairiporã - Saiba o que Avancini fará no evento

Organização da primeira etapa da Copa do Mundo de MTB 2024 e Henrique Avancini se preparam para evento entre os dias 12 e 14 de abril

Release de imprensa
Marcada para acontecer em Mairiporã-SP entre os dias 12 e 14 de abril, a abertura da Copa do Mundo de Mountain Bike da UCI 2024 promete ser um evento de altíssimo nível, com a presença dos principais atletas do planeta e toda a estrutura que um evento deste porte necessita. O que nem todas as pessoas sabem é que a organização do MTB Festival contou com um apoio ilustre para que este sonho se tornasse realidade: ninguém menos do que o bicampeão mundial Henrique Avancini.

Henrique Avancini anunciou aposentadoria em agosto de 2023
Henrique Avancini anunciou aposentadoria em agosto de 2023


Nome que dispensa maiores apresentações e um dos maiores responsáveis pelo crescimento do esporte com bicicletas no Brasil, Avancini é também peça fundamental pela volta da Copa do Mundo para as trilhas nacionais.

“A parceria surgiu pela vontade de colaborar com o mountain bike no Brasil, e de aproveitar ao máximo essa oportunidade incrível, que é receber novamente uma prova desse nível no país. É um momento muito especial e importante, sendo a abertura do calendário”, afirmou Avancini.

O principal nome do mountain bike brasileiro terá os papéis de consultor e facilitador no relacionamento entre a organização da prova e os times e atletas. A atuação dele também pretende agregar valor ao evento, por meio de algumas ações especiais que estão sendo preparadas.

Apesar disso, se transformar em organizador não está nos planos do atleta, que se aposentou oficialmente das pistas há apenas alguns meses, justamente na última edição do MTB Festival, realizada no último dia 15 de outubro.

Publicidade


“Sempre tive participação e envolvimento em alguns eventos, com alguns organizadores, mas gosto mais de, dentro deste contexto, atuar como um colaborador, alguém que pode trazer uma perspectiva diferente na hora da criação e da execução, do que me tornar um organizador de eventos”, afirmou.

Expectativas de um grande evento

Com uma localização privilegiada para viajantes de dentro e de fora do Brasil, a etapa de Mairiporã da Copa do Mundo de MTB UCI 2024 promete receber um enorme fluxo de visitantes, vindos de todos os cantos do planeta. Por isso, a ansiedade pela prova é alta.

“Existe muita expectativa em torno do evento, por retornar ao Brasil. A etapa de Mairiporã tem um apelo geográfico enorme, por estar tão próximo de São Paulo, o maior centro econômico do país e nossa maior metrópole. Além disso, por ser um ano olímpico, a expectativa fica ainda maior, já que será a primeira grande prova da temporada, e uma das últimas competições que conta para a classificação para os jogos olímpicos”, explicou Avancini.

“Isso adiciona ainda mais expectativa em torno da prova, mais empenho dos atletas e das equipes, e isso colabora muito para que tenhamos um verdadeiro espetáculo, dentro e fora das pistas”, complementou.

Receptividade brasileira e pistas de nível internacional

Henrique Avancini correu seu último XCO profissional no MTB Festival, em outubro de 2023
Henrique Avancini correu seu último XCO profissional no MTB Festival, em outubro de 2023

Além do acesso facilitado e das diversas opções de hospedagem, graças à proximidade não só com São Paulo, mas também do aeroporto internacional de Guarulhos, a tradicional receptividade do brasileiro também promete ser um ponto positivo para quem resolver acompanhar a prova de perto.

“O grande motivo da Copa do Mundo retornar ao Brasil foi justamente a receptividade que o povo brasileiro e a comunidade do MTB no país ofereceu para a comunidade internacional do MTB, quando recebemos a Copa do Mundo em 2022. Isso, realmente, foi um grande impacto para todos os atletas e times envolvidos com a modalidade. Acredito que, mais uma vez, os atletas voltarão para suas casas, principalmente para o hemisfério norte, com memórias muito quentes e intensas”, afirmou Avancini.

Porém, na hora da competição, os melhores pilotos do mundo não devem esperar vida fácil. Afinal, além de contar com uma altimetria desafiadora, as trilhas do Arena iMTB que vão receber as disputas da Copa do Mundo vão passar por uma adaptação, ganhando obstáculos de nível internacional.

Publicidade


Para isso, a organização da prova mais uma vez contará com toda a experiência de Avancini, que correu nas mais várias pistas ao longo de seus mais de 15 anos de carreira profissional, dentro e fora do Brasil.

“Nosso objetivo é elevar o nível do percurso, para que a disputa seja realizada em um contexto em que os atletas desempenhem, demonstrando o que é necessário, falando em uma modalidade olímpica. Além disso, vamos fazer alterações na pista para que ela fique atrativa para a transmissão televisiva, e também plástica para o público presente”, afirmou Henrique.

Vendas de ingressos

As vendas dos passaportes de ingresso à etapa da Copa do Mundo em Mairiporã já começaram, e estão disponíveis no site do MTB Festival.


Relacionados

Comentários

Outras notícias

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.