MENU

Contador revela mais detalhes da rivalidade com Armstrong no Tour de 2009

Pistoleiro relata discussão com Lance no ônibus da equipe depois de seu ataque decisivo em Andorra

Em uma recente entrevista realizada por um Youtuber espanhol, Alberto Contador, o pistoleiro, revelou alguns novos detalhes sobre como foi o Tour de France 2009, prova que ele correu, e venceu, pela Astana, tendo Lance Armstrong como companheiro de equipe. Para quem não se lembra, Lance estava voltando de sua aposentadoria e, na época, existia uma grande discussão sobre quem seria o líder da equipe.

Segundo Contador, na terceira etapa da prova, a Astana acelerou em um trecho de vento cruzado e, mesmo com o Pistoleiro ficando em um segundo grupo, sua própria equipe não parou de acelerar. Com isso, ele acabou perdendo 40 segundos para Lance, que naquela época ainda tinha seus sete títulos do Tour.

Porém, a situação se reverteu nas montanhas, com o espanhol mostrando estar em melhor forma do que Lance. Na entrevista, Alberto explicou em mais detalhes como foram estes acontecimentos nos bastidores, em seu ponto de vista.

"O Tour começou com uma grande controvérsia sobre quem seria o líder da equipe. Fui ver o Lance antes da prova e ele me disse que seria melhor para ele se eu ganhasse o Tour. Porém, no mesmo dia, ele disse no Twitter 'Vamos ver quem é o líder no contra-relógio de amanhã', então percebi que nossa conversa foi uma perda de tempo", disse Contador.

Com o tempo perdido na etapa 3, Contador estava ansioso para chegar nas montanhas. Porém, quando isso finalmente aconteceu, no dia de descanso antes do início da segunda semana do Tour, ele tomou um banho de água fria de Johan Bruyneel, diretor técnico da Astana.

"O diretor de equipe falou para pegar leve nas montanhas, onde eu queria atacar. Fui falar com um companheiro de equipe que estava neutro na situação e ele disse que seria melhor o Lance fazer papel de idiota antes de mim",

No dia seguinte, na etapa 7, realizada em Andorra, Contador atacou Armstrong na subida do Arcalis, deixando seu companheiro de equipe para trás. Depois da disputa na estrada, Contador relatou uma discussão no ônibus da equipe.

"Ele falou que eu não havia respeitado a estratégia da equipe, e eu falei que ele estava me desrespeitando no Twitter desde o começo do ano. Ele olhou para minha cara e falou 'Ok, Pistolero'. Segundo ele, neste momento a tensão no ônibus da equipe foi às alturas e, com isso, todos os atletas desceram do veículo, deixando Contador e Lance sozinhos.

"Depois que todos os outros saíram do ônibus, ficamos só eu e ele e ele falou, em espanhol, No me jodas - Não foda comigo", afirmou Contador.

No fim, o Tour de France 2009 terminou com a vitória de Contador, com Lance Armstrong em terceiro. O Segundo posto ficou com Andy Schleck. No fim daquele ano, Contador permaneceu na Astana, mas Lance e Bruyneel montaram uma nova equipe, a RadioShack. Em 2011, a USADA fez sua acusação contra Lance, que culminou com a perda de todos os seus títulos em 2012. Pouco antes disso, no final de 2011, Contador recebeu uma punição por ter testado positivo para Clembuterol no Tour de 2010.


Relacionados

Comentários

Olá , acompanho todos seus posts, acho que seria justo dar os créditos a bela entrevista feita pelo Valenti, colocando os links dos vídeos já disponibilizado bem como oque ainda tem por lançar no próximo domingo.



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.