MENU

Como escolher um rolo de treino de bike

Entenda as principais diferenças, vantagens e desvantagens dos rolos de treinamento indoor

     

Disponíveis em diversas formas, tamanhos e preços, os rolos de treino para bicicletas são ferramentas extremamente importantes para você manter a forma e até mesmo para aquecer e desaquecer em competições.

Em tempos de pandemia do novo coronavírus, em que não sabemos quando será realmente totalmente seguro voltar às ruas e trillhas para treinar, é interessante conhecer as opções para seu treino indoor, já que eles podem custar mais caros que muitas bikes.

Abaixo, confira as principais diferenças entre os modelos e escolha o melhor para você.

Quais as características de um rolo de treinamento de bike ?


  • Construção: Livres, Fixos Wheel On, Fixos Direct Drive

  • Resistência: Magnéticos, Fluídos, Ar

  • Características: Inércia, Resistência, Medição de Potência

  • Tecnologias: Convencionais, Smarts, Smarts Interativos


Construção

Rolos de Treinamento Livre

- A bike fica solta sobre o rolo e o ciclista precisa se equilibrar enquanto pedala. Muitos podem ser dobrados para facilitar o transporte, sendo extremamente práticos para treinos de giro, aquecimento e desaquecimento. Porém, muitas vezes a resistência deles é limitada e o risco de tombos realmente existe.

Foto 74812
Um rolo de equilibrio    Foto: TSW

Rolos de Treinamento Fixos

Rolos Wheel On - São rolos fixos que funcionam com a roda traseira na bike. Eles costumam ser mais baratos, leves e portáteis, mas tem desvantagens por serem mais barulhentos e desgastarem o pneu da bike. Se mau ajustados, eles também podem "patinar" durante o treino.

Foto 74811
Um rolo convencional    Foto: TSW

Rolos Direct Drive - Os rolos desta categoria exigem que você retire a roda traseira para serem usados. Embora sejam mais caros, eles são muito mais silenciosos, não patinam e ainda tem a vantagem de não desgastarem o pneu da bike.

Foto 74810
Um rolo direct drive    Foto: Tacx

Tecnologias de Rolos - Convencional, Smart e Smart Interativo

Convencional - Rolos analógicos, incapazes de comunicação ou de variação automática de resistência.

Smart - Os rolos Smart são aqueles capazes de se comunicarem com computadores e outros instrumentos. Normalmente, esta comunicação é feita em ANT+ ou Bluetooth Smart (BLE). Antes de comprar, verifique se ele é compatível com o programa ou equipamento que você vai usar.

Foto 74813
Um rolo Smart simples    Foto: TSW

Smart Interativo - Rolos que, além de terem características Smart, são capazes de modificar a resistência de acordo com que acontece em um jogo ou programa. Pode ser para simular subidas ou colocar o ciclista em uma determinada potência para um treino. Antes de comprar, verifique se ele é compatível com o programa ou equipamento que você vai usar.

Tipos de resistência

Magnética - Apostam em um sistema de imãs para gerar a resistência desejada. São mais simples e podem ser mais baratos, mas mesmo modelos caros podem ser magnéticos. Geralmente, rolos Smart Interativos apostam neste tipo de resistência.

Fluida - São silenciosos e apostam em um sistema hidráulico para gerar resistência e uma melhor sensação de pedalada, mas costumam custar mais.

A Ar - Possuem um "ventilador" para gerar a resistência. Embora sejam simples, eles costumam ser bem barulhentos.

Características

Inércia - Todos os rolos possuem um volante giratório para manter o movimento. Via de regra, quanto maior e mais pesado for o volante, mais suave é o rolo. Modelos básicos, com volantes de baixa massa, possuem uma pedalada quadrada, que se assemelho muito a pedalar na areia.

Foto 74814
Informações sobre um rolo    Foto: Elite

Resistência máxima - Existe um limite para a resistência máxima que um rolo pode gerar. Por isso, preste atenção neste detalhe caso seja um ciclista forte e focado em fazer treinos de sprint, por exemplo.

Outro momento em que isso faz muita diferença é nas subidas simuladas por um rolo interativo, já que a baixa velocidade do rolo combinada com marchas leves exigem uma alta resistência para simular subidas inclinadas.

Medição de potência - Alguns rolos são mais precisos do que outros. Isso porque, enquanto alguns tem um powermeter embutido, outros apostam em algoritmos que transformam a velocidade em potência.

Rolos mais caros costumam ser mais precisos, mas é importante conferir como a potência é medida.

Slope - Em rolos interativos, este é o indicativo da inclinação máxima que o rolo consegue simular - imagine que simular uma rampa de 20% para um ciclista de 90kg é mais difícil do que para um de 60kg.

Muitos fabricantes colocam esta informação na ficha técnica do produto, sendo indicado em % (Ex. 15%). Porém, esta informação só é 100% válida quando comparados dois rolos da mesma marca, já que cada marca aposta em um protocolo diferente de medição.

De uma forma ou de outra, um rolo que simula 25% muito provavelmente é mais "forte" do que um que simula 5% - provavelmente, ele também será bem mais caro.

Conclusão

Os rolos de treino são ótimas opções para manter a boa forma sem sair de casa. Via de regra, quase todos os modelos disponíveis no mercado apresentam uma boa durabilidade, mesmo os mais simples. Apesar disso, muitas vezes vale a pena investir um pouco mais para ter uma pedalada mais agradável e realista. Além disso, os rolos Smart Interativos são extremamente indicados para usar plataformas virtuais como o Zwift para quebrar o tédio.

Querendo comprar um rolo ?
Veja se nossos parceiros tem alguma oferta de rolo pra sua bike!

     


Comentários

Gostaria de saber qual e o mais adequado para uma pessoa de1,90 de altura e 120 quilos que quer fazer exercício com segurança em casa

Minha montain bike tem eixo 141mm vejo que a maioria dos rolos (que saca a roda) a maioria suporta 142mm, 148mm, 130mm, 135mm, é possivel eu colocar minha bike no rolo ?