MENU

Bicicletas Urbanas - Conheça os tipos e como escolher

Indicadas para andar nas cidades, as bikes urbanas podem ter diferentes características

As bicicletas urbanas podem possuir diferentes projetos e característica, que foram melhorando ao longo dos anos para situações que podem variar bastante. Algumas são mais apropriadas para deslocamentos tranquilos, enquanto outras são mais indicadas para quem deseja carregar carga ou ter mais agilidade.

Assim como as mountain bikes são bicicletas esportivas para trilhas e as speeds são bicicletas esportivas de desempenho para asfalto, as urbanas foram pensadas e otimizadas para atender de melhor forma possível o uso em cidades.

Índice - Os diferentes tipos de bikes urbanas

  1. Bicicletas urbanas esportivas ou fitness
  2. Bicicletas urbanas para deslocamentos
  3. Bicicletas Urbanas Cruiser
  4. Bicicletas Urbanas Dobráveis
  5. Bicicletas urbanas cargueiras
  6. Bicicletas Urbanas Elétricas
  7. Perguntas e Respostas

Bicicletas Esportivas ou Fitness

Apesar de poderem ser utilizadas para ir trabalhar ou por qualquer outro motivo, as bikes desta modalidade são indicadas para quem quer pedalar por lazer em ruas e parques, e também para quem quer praticar uma atividade física com a bike sem fins competitivos - até porque ela não serviria em nenhuma modalidade.

Foto 75687

Elas possuem uma posição confortável, mas um pouco mais esportiva. Além disso, elas tendem a apostar em componentes de média baixa e média, mas quase sempre com um "pé" no desempenho. Os pneus, por exemplo, podem ser urbanos e bem resistente, mas dificilmente serão puramente utilitários.

Muitas destas bikes apostam em aros 700c ou 29", até para manter a velocidade mais elevada. Além disso, elas costumam ter um desenho hibrido, com algumas características das bikes de estrada, mas quase sempre com o guidão reto de uma mountain bike para facilitar o controle - característica que a faz ser chamada muitas vezes de bicicleta hibrida.

Bicicletas urbanas para deslocamentos

Simplicidade, robustez e praticidade são palavras que devem estar presentes em uma boa bike urbana para quem deseja se descolar pela cidade. Por conta disso, detalhes como furação de bagageiro e para-lamas são obrigatórios neste tipo de bike - o pezinho de apoio muitas vezes não faz mal.

Foto 75688

A posição de pilotagem costuma ser mais ereta, para permitir mais conforto e visibilidade do trânsito. Além disso, muitas delas possuem buzinas e até retrovisores. Outro detalhe que nunca pode faltar é um bom sistema de iluminação - algumas mais modernas tem até luz integrada.

Quando falamos em pneus, os deste tipo de bike costumam ser 700c, mas algumas ainda possuem aros 26". Independente do tamanho, os pneus quase sempre serão os mais robustos e duráveis da linha do fabricante. Tudo para você rodar muitos quilômetros sem se preocupar. Além disso, eles costumam ser mais largos do que os das bikes esportivas, para maior estabilidade e resistência.

Bicicletas urbanas Cruiser

Com desenhos de quadro que muitas vezes tem o tubo superior rebaixado ou mesmo ausente, guidões curvos altos, posição de pilotagem ereta e uma pegada bem despretensiosa, uma bike cruiser é indicada para passeios ou deslocamentos tranquilo, muitas vezes associado à parques, ruas tranquilas e cidades litorâneas.

Foto 75685

Por conta de suas características, atingir grandes velocidades ou encarar subidas muito duras é particularmente complicado com uma cruiser, com a bike sendo mais indicada para quem está mais afim de passear. Muitas delas, inclusive, contam com detalhes como protetores de corrente, cestas variadas e outros acessórios.

Bicicletas urbanas dobráveis

Pequenas, práticas, mas com desempenho limitado, as bicicletas dobráveis são a melhor opção para quem realmente tem pouco espaço de armazenamento em casa ou no trabalho, ou quer usar a bike como parte do deslocamento, dobrando-a para entrar em carros, ônibus e metrôs / trens. Além disso, elas funcionam muito bem em centros urbanos com boa infraestrutura cicloviária, sendo particularmente práticas dentro de um elevador.

Foto 75686

A posição de pilotagem fica limitada pelo fato de bikes dobráveis serem menores. Além disso, as rodas são pequenas - geralmente entre 16 e 20 - com a relação de marcha sendo composta por componentes mais simples e de amplitude mais limitada.

Isso faz com que boa parte das dobráveis seja mais indicada para deslocamentos mais curtos e em locais onde não seja necessário andar muito rápido, já que a velocidade máxima delas costuma ser pequena e difícil de ser atingida.

Bicicletas urbanas cargueiras

Tirando as bicicletas de entregador, as cargueiras ainda são uma visão pouco comum nas ruas do Brasil e, como o nome diz, são indicadas para quem deseja carregar grandes gargas com muita simplicidade. Muitas delas apostam em grandes bagageiros acima da roda traseira, enquanto outras apostam em rodas dianteiras pequenas, com o bagageiro acima dela.

Uma bike deste tipo deve ser extremamente robusta e as mais modernas possuem assistência elétrica para quem deseja carregar peso sem sofrimento demais. Além disso, componentes como freios, aros e pneus também devem ser reforçados para carregar a massa adicional.

Bicicletas urbanas elétricas

Seja ela para deslocamento, dobrável, cargueira ou de qualquer outra modalidade, a urbana elétrica é uma das melhores invenções do mundo da bicicleta de todos os tempos. Afinal, ela permite que um grupo muito maior de pessoas possa optar pela bike como meio de transporte.

Foto 75689

Com elas, seu área de deslocamento fica muito maior, assim como a facilidade de transpor desafios topográficos acentuados. Além disso, por possuírem mais aceleração, velocidade e manterem o ciclista menos ofegante, elas podem ser mais seguras do que uma bike convencional - ao menos, a sensação que fica é essa.

Apesar das muitas vantagens, elas inevitavelmente custam mais do que uma bike tradicional, com o peso adicional sendo outro fator que não deve ser menosprezado - elas são ruins de colocar em carros, subir escadas ou mesmo colocar no elevador.

Por conta do peso, toda a bike precisa ser reforçada, com o desgaste dos componentes sendo mais acentuado. Além disso, a presença de mais peças significa que você terá mais custos de manutenção e chances de quebra.

Perguntas e Respostas

Qual a melhor bicicleta para trabalhar ?

Decidir qual bike usar para ir trabalhar depende de uma série de fatores, como:

  • Você irá parar na rua ou em lugar seguro ?
  • Você irá pedalar para o trabalho todo dia, mesmo em dias frios ou com chuva ?
  • Seu trajeto é longo ou mais curto ?
  • Seu trajeto passa pelo trânsito ou apenas ciclovias e ruas tranquilas ?

É preciso ter em conta esses fatores, pois bicicletas de usos mais intensos precisam ser de melhor qualidade, mas ao mesmo tempo são mais caras e perigosas de deixar na rua.

Qual a melhor bicicleta para trabalhar como entregador do iFood / Uber Eat ?

Uma bike pra trabalhar como entregador ficará muito exposta na rua e terá um uso intenso e diário, podendo enfrentar qualquer condição. Neste caso, uma bike urbana para deslocamentos ou mesmo cargueira, que citamos acima, podem ser as melhores opções. Lembre-se de ter também uma boa tranca e principalmente como trancar a bicicleta da maneira correta.

Qual a melhor marca de bike urbana ?

Não existe melhor marca de bicicleta urbana e nem de outros tipos. A cada ano surgem novidades e algumas marcas acabam sendo melhores em uma determinada característica.


Comentários



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.