MENU

Ciclistas utilizando componentes Shimano ganham todas as camisas e etapas do Tour

Em uma competição de bicicletas, certamente o componente mais importante é o ciclista. Além disso, por questão de patrocínio ou escolha da equipe, muitos competidores não podem escolher os componentes que vai utilizar. De uma forma ou de outra, um fato sobre o último Tour de France chama bastante atenção: em sua 104ª, cada uma das etapas, assim como as principais classificações, foram vencidas por ciclistas usando componentes da Shimano.

imagem
Os campeões de 2017 no pódio na França. (Wouter Roosenboom / Divulgação)

Desde a abertura, na prova de contrarrelógio, vencida pelo atleta Geraint Thomas (SKY) usando componentes Shimano Dura-Ace específicos para a modalidade, até o sprint final na última etapa em Paris, vencido por Dylan Groenewegen (LottoNL-Jumbo), todos os ciclistas tinham suas bikes equipadas com componentes Dura-Ace.

Chris Froome (Sky), reivindicou o título da classificação geral utilizando transmissão, freios, rodas e pedais Dura-Ace, junto com a combinação guidão e mesa Stealth (mais fita de guidão) da marca PRO, defendendo a camisa amarela em 14 das 21 etapas do Tour para garantir seu quarto título de classificação geral no Tour.

Enquanto isso, Michael Matthews e Warren Barguil, da equipe Team Sunweb, e Simon Yates (Orica-Scott), venceram as classificações por Pontos, de Montanha e de Jovem Atleta, garantindo as camisas verde, de bolinhas vermelhas e branca, respectivamente.

imagem
Michael Matthews e Warren Barguil. (Wouter Roosenboom / Divulgação)

Não obstante todos estes resultados, um dos mais produtivos ciclistas nas etapas planas do Tour esse ano foi Marcel Kittel (Quickstep Floors), que conquistou cinco vitórias, incluindo a primeira vitória em uma etapa do evento usando-se freios a disco hidráulicos Shimano.

“Os freios a disco são um grande avanço, em termos de desenvolvimento tecnológico, que temos para o futuro do ciclismo. Principalmente em condições mais úmidas, estes freios ajudam os ciclistas a frearem melhor”, afirmou Kittel.

Já Warren Barguil sagrou-se vencedor das etapas de Montanha do Tour, competindo com o novo powermeter da Shimano, enquanto a etapa final foi vencida pelo holandês Dylan Groenewegen, que também utilizou componentes da marca.

imagem
Bike equipada com o Shimano PRO. (Wouter Roosenboom / Divulgação)

Das 22 equipes deste ano, oito são patrocinadas diretamente pela Shimano. São elas: Française Des Jeux, Trek-Segafredo, LottoNL-Jumbo, Team Sunweb, Orica-Scott, BMC, Bora-Hansgrohe e Team Sky. Estes times dividiram vitórias em 11 etapas, incluindo as seis decisivas de montanha, da 13ª a 18ª.

Como comparação, a SRAM e a Campagnolo, outros fabricantes de componentes presentes no Tour de France, equiparam bicicletas de apenas duas equipes cada. Vale ressaltar que a Shimano não patrocina todas as equipes vencedoras do Tour, já que algumas delas preferem utilizar os componentes da gigante japonesa por escolha própria.

imagem
Resultados dos atletas patrocinados pela Shimano no TDF 2017.br (Divulgação)


Relacionados

Comentários

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.