MENU

Ciclistas diabéticos completam a maratona Race Across América

Na semana passada, um time de oito ciclistas completou a maratona litorânea de bicicleta chamada Race Across America, em tempo recorde. Foi um verdadeiro feito em qualquer circunstância, mas o que fez disso algo extraordinário foi que todos eles tinham uma coisa em comum: a diabetes tipo 1.

Essa doença, às vezes chamada de diabetes juvenil, representa desafios especiais para atletas. Uma pessoa com diabetes tipo 1 não consegue produzir insulina e deve tomar injeções regulares para controlar o açúcar no sangue. No entanto, o exercício também pode levar a quedas brutais, até mesmo fatais, no nível de açúcar no sangue

A conquista dos ciclistas, que têm um patrocinador corporativo e competem sob o nome de Time Tipo 1, se tornou uma fonte de inspiração para os estimados três milhões de americanos com a doença, e especialmente para pais preocupados diante de um diagnóstico de diabetes tipo 1 em seus filhos.

imagem

Porém, a vitória também oferece boas lições para todos nós, salientando os benefícios da vigilância diária, quando se trata de saúde. Pelo fato de que pessoas com diabetes tipo 1 não produzem insulina, elas não podem sobreviver se não injetarem a substância antes de cada refeição, e devem usar um monitor ou fazer testes de sangue várias vezes por dia, a fim de checar seus níveis de glicose.

Refeições, lanches, exercícios e medicação são cuidadosamente equilibrados. Esse regime meticuloso é necessário para prevenir complicações, que podem incluir insuficiência renal, cegueira e morte. No entanto, o controle rígido do nível de açúcar no sangue também pode resultar em um padrão invejável de controle de peso e saúde em geral.

"Estamos mostrando às pessoas que a diabetes é nossa força. Por causa dela, podemos fazer coisas incríveis", disse Phil Southerland, 27 anos, ciclista e corredor de Atlanta que fundou o time com outro ciclista diabético, Joe Eldridge. Ambos competiram em 2006 e 2007, mas não este ano.

"Acho que o resto do mundo pode olhar para o time", continuou Southerland, "e dizer: 'Esses caras acabaram de vencer uma corrida de bicicleta, e fizeram isso mesmo tendo diabetes. O que posso fazer para viver uma vida mais saudável, melhor?"

Durante a Race Across America, os ciclistas do Time Tipo 1 usaram monitores de glicose e viajaram com um médico, comendo ou bebendo algo sempre que o nível de açúcar no sangue começava a cair. Apesar de que todos os atletas devem tomar insulina regularmente para prevenir níveis altos de açúcar no sangue, o exercício intenso faz com que a necessidade de medicação caiu de 60 a 75% durante os primeiro dias da corrida. À medida que o corpo se adapta nos últimos dias da corrida, os ciclistas devem aumentar suas injeções de insulina.

Para completar a corrida, os ciclistas se dividiram em dois times de quatro. Os primeiro quatro atletas se alternavam pedalando em velocidade máxima por 10 a 15 minutos, ou seja, cada atleta fez somente uma pequena pausa antes de ter de pedalar de novo. Após cerca de 240 quilômetros de corrida, os ciclistas, exaustos, encontraram o segundo grupo de quatro atletas, que assumiram a competição, dando aos primeiros atletas tempo para comer e descansar antes de retomar.

Apesar de problemas mecânicos, o time, que começou em Oceanside, Califórnia, chegou a Annapolis, Maryland, a 4.800 km de distância, em cinco dias, nove horas e cinco minutos. A velocidade média deles foi de 37,67 km/hora - 0,27 km melhor que os vencedores do ano passado, uma equipe profissional de noruegueses.

O Tean Type 1 é formado por:

Jeff Bannink, 38, Beaverton, Ore.
Alex Bowden, 19, St. Charles, Mo.
Matt Brooks, 22, Pickerington, Ohio
Tom Kingery, 33, Delaware, Ohio
Lonny Knabe, 33, Portland, Ore.
Simon Bennett, 25, St. Eaglehawk, Victoria, Australia
Robert Schrank, 40, Gurnee, Ill.
Mark Suprenant, 44, Milford, N.H.


Texto: Tara Parker-Pope / The New York Times

Fotos (1)

foto 0 -  Mais Fotos


Conteúdo Relacionado

Comentários



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.