MENU

Ciclista trans vence corrida feminina no Arizona

Uma ciclista transexual foi a primeira a cruzar a linha de chegada no El Tour de Tucson, prova de 170km realizada no último fim de semana no Arizona. Nativa de Colorado Springs, Jillian Bearden (36), compete há 10 anos e foi a primeira atleta transgênera a vencer uma competição de grande porte. Segundo ela, a vitória é "absolutamente gigante" para os transgêneros.

imagem
Jillian Bearden. Foto: Arizona Daily Star / Reprodução

"Estamos em um momento do tempo, especialmente agora, que nós temos que nos posicionar e ter atitudes positivas". Temos que nos unir em levar este país na direção da aceitação de todos", disse em entrevista ao jornal Arizona Daily Star.

Atleta da equipe Naked Women’s Racing, Bearden é uma das mais conhecidas apoiadoras da causa dos ciclistas transgêneros, tendo mantido contato não só com o COI mais também com a Federação Americana de Ciclismo.

"Em janeiro, o COI apresentou um documento dizendo que nós podemos competir, desde que alguns critérios sejam cumpridos. Tendo dito isso, mais regras estão sendo feitas e isso significa mais trabalho para que a causa tenha aceitação mundial e não só nacional", completou.



Relacionados

Comentários

Por que será que não vemos transexuais vencendo provas no ciclismo masculino?

Uma coisa é tu se identificar e ser respeitado pela a tua escolha, outra coisa é a tua biologia.

É uma vergonha que uma pessoa assim possa competir com as mulheres. A prova perde todo sentido. Não sei o que Jillian comemora, além de fazer os juízes de trouxas.

Então quer dizer que colocaram um homem vestido de mulher para disputar contra mulheres de verdade e estão achando isso justo? Ok...

Deixa eu entender ? ''Macho ''ou '' Femêa '' Biologicamente falando ? Pois cada qual compete em uma categoria , o ´'' Macho '' tem maior força muscular , respiratória do que mulheres ! Acho desleal Biologicamente um '' Macho '' Competir com '' Femêas '' E ter menos quantidade de testosterona , não quer dizer que deixaram de ser Biologicamente falando '' Machos '' , continuam a ter andropausa não tem menopausa , não ovulam , e não se tornaram biologicamente falando '' Femêas '' , a parte instintiva continua sendo biologicamente de '' Macho '' as respostas a estimulos biologicos a esforços fisicos , recuperação celular , recuperação de doenças dentre outros continua sendo biologicamente falando de '' Macho '' , Eu Respeito a vontade de todos , más não sou de acordo pois tão somente ter vantagens biologicas de '' Machos '' contra '' Femêas '' biologicamente falando , não é questão de superioridade , isso não existe , é biologia mesmo , Porque se for assim , não deverá mais existir categorias Distinguindo cada qual !



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.