home

Ciclista atropelado morre depois de se segurar no capô por 2km em SP


31 AGO, 2017     Gustavo Figuereido     10    



Segundo informa o site G1, o pintor Gilmar Barbosa morreu depois de ser atingido por um carro na Av. das Nações Unidas, em Osasco, na grande São Paulo. Depois do atropelamento, o motorista teria dirigido com o ciclista se segurando ao capô do carro durante mais de 2 quilômetros, até que finalmente Barbosa caiu no acesso à Marginal Tietê.

O pintor, que faria aniversário hoje, estava usando a bicicleta para ir trabalhar pela primeira vez. A polícia já sabe o modelo e a cor do carro.

Infelizmente, apesar de ser um horário de grande movimento na região, ninguém anotou a placa do carro, mas as imagens de segurança de um posto de gasolina podem ajudar nas investigações. O caso foi registrado como homicídio doloso (quando há intenção de matar).


Comentários


  • avatar

    André Machado   

    André Machado   

    Marcelo, o atropelamento foi numa alça de acesso da Marginal Pinheiros na divisa com Osasco, a Av Nações Unidas é a pista local da Marginal Pinheiros, pista essa que teve seu limite de velocidade aumentado pelo prefeito João Dória. Não sei se você conhece a região metropolitana de São Paulo, São Paulo e Osasco são cidades conurbadas, motoristas de ambas as cidades circulam pela Marginal. A campanha Acelera São Paulo incentiva comportamentos como desse motorista, tanto que os atropelamentos de ciclistas em São Paulo aumentaram 71% de janeiro a junho se comparado com o mesmo período do ano passado.
    18 dias atrás - Denunciar


  • avatar

    newhouse    Embu - SP

    newhouse    Embu - SP

    Deus tenha piedade de nossas vidas, por que esses malucos não tem.
    18 dias atrás - Denunciar


  • avatar

    Marcelo   

    Marcelo   

    O atropelamento foi em Osasco!!! O que o Dória tem haver com isso???? Não entendi!!!
    18 dias atrás - Denunciar


  • avatar

    Cássio    

    Cássio    

    Assassinato em primeiro grau

    19 dias atrás - Denunciar


  • avatar

    André Machado   

    André Machado   

    Ouvi essa notícia na CBN agora a pouco no programa CBN Brasil do Jornalista Carlos Sardenberg. Uma repórter deu a notícia e o Sardenberg, que não se priva de comentar qualquer coisa sobre o Lula, simplesmente chamou os comerciais de nos próximos 45 min não fez nenhum comentário sobre o ocorrido. Não condeno a rádio, que tem entre suas comentaristas a Renata Falzoni, mas o jornalista Sardenberg eu condeno sim pois seria um comentário que poderia ir em torno de uma crítica ao prefeito João Dória pelo aumento de velocidades nas marginais e pela campanha Acelera São Paulo. Mas pra não se enrolar, Sardenberg preferiu ficar calado.
    19 dias atrás - Denunciar


  • avatar

    Luan Bernardi   

    Luan Bernardi   

    intenção
    19 dias atrás - Denunciar





  • Relacionados