home

Campeonato Mundial Máster de MTB - Disputas do XC no domingo

Abraão e Marconi conquistam a prata e Ravelli o bronze


13 SET, 2010     Guiné    



O mundial começou oficialmente na sexta-feira, com as disputas do Feminino: 30/34; 35/39; 40/44; 45/50; +50. Destaques para a categoria principal, com a medalha de prata de Adriana Nascimento. E o bronze com Raquel Contijo na categoria 40/44.

No sábado, o Brasil não conseguiu nenhuma medalha no cross country. Mas no último dia de competições, os nossos atletas conseguiram mais três importantes medalhas.

Começando com a prata de Abraão Azevedo na categoria 40-44. Aos 41 anos, o brasiliense conquista a sua primeira medalha em mundiais.

“Treinei muito para essa prova. No começo, estávamos juntos os três e nos revezamos, mas o italiano atacou na subida e foi embora. Já competi aqui em três oportunidades, mas esse circuito é diferente dos anos anteriores. Achei a pista muito completa com descidas que exigem muita cautela”, contou Abraão, atual campeão brasileiro na sua faixa etária e dono de dois títulos nacionais de maratona e um de cross country na Elite.

imagem

Na categoria 35-39, todos os olhares foram para Márcio Ravelli, onze títulos nacionais na modalidade. O paulista queria conquistar a tão sonhada medalha e, conseguiu. Ravelli abriu a primeira volta em primeiro, para mostrar o seu "cartão o visita". O ritmo da prova foi muito puxado e o brasileiro administrou o terceiro lugar para garantir um lugar no pódio e realizar o seu sonho.

“Eu lutei muito por essa medalha. Eu vinha há muitos anos buscando um título mundial. Saí forte no início e liderei na primeira volta. Na penúltima volta eu senti as pernas e achei que era melhor garantir o bronze”, contou Ravelli, de 38 anos.

imagem

Finalizando o mundial, a categoria 30-34, a "Elite Master". O brasiliense Marconi Ribeiro conquistou bravamente a prata, para delírio da galera.

“Eu sabia que o italiano iria andar bem e minha meta era ficar entre os cinco. Andei junto com ele até o início da trilha. Depois superei um duelo contra um argentino e me mantive na segunda colocação até o final”, contou o brasileiro que é o atual campeão brasileiro de maratona na categoria. Marconi completou as seis voltas em 2h07min18s.

“Eu já conhecia o circuito, pois disputei a Copa do Mundo em 2004. O novo traçado é perfeito. As subidas selecionam. As descidas também”, concluiu Marconi.

O Pedal parabeniza todos os atletas que conquistaram medalhas, assim como os que mesmo não subindo no pódio, honraram o país.


Fotos (212)

foto 0 -  foto 1 -  foto 2 - Abraão Azevedo Mais Fotos

Comentários



Relacionados