home

Campeonato Mundial de MTB 2013 - Raíza Goulão é 11ª colocada na Sub-23


31 AGO, 2013     Péricles    



O Brasil está brilhando no Campeonato Mundial de MTB 2013, a atleta da categoria Sub-23, Raíza Goulão, ficou na 11ª colocação. Agora ela está entre as 20 melhores do mundo. Confira relato de Raíza.

Relato de Raíza Goulão

Hoje eu estava alinhada, às 13h (8h no Brasil), para a largada da UCI World Championship MTB, em Pietermaritzburg, África do sul. Ao meu redor, 38 atletas competidoras da categoria Sub 23. Devo confessar que aquele momento é composto, acima de tudo, por uma mistura de intensos sentimentos: apreensão, concentração, ansiedade, medo e confiança no trabalho feito ao longo de todo o ano. Com o sinal, largamos. Mas não fui bem.

imagem
Raíza Goulão


Definitivamente, o ritmo das provas internacionais é muito diferente do que estou acostumada. Na primeira volta só “bati cabeça”; estava na 24ª colocação. Acabei me desgastando muito e tendo uma fadiga grande, além de ter que lidar com uma queda por falta de atenção e muito nervosismo, pela qual perdi três posições. Porém, com o decorrer da prova, consegui me encontrar e impor um ritmo legal. A partir da terceira volta fui recuperando várias colocações. Eu estava de volta à prova!

Foi uma competição muito emocionante! Ao final, graças a Deus, consegui cruzar a linha de chegada na 11ª colocação, tornando-me assim a 11ª melhor atleta da Sub 23 no mundo e a 2ª colocada das Américas, ficando à minha frente somente uma atleta canadense. Fiquei muito feliz por poder contar com a torcida de vários brasileiros que estavam presentes na prova, que me motivaram muito mais a buscar este resultado. A minha largada acabou me desmotivando e isso seguiu ao longo da primeira volta, mas consegui me recuperar muito durante a prova.

Acho que falta ritmo de competições internacionais para poder conseguir largar melhor e ficar menos nervosa no início das provas. Mas nada como um mundial para adquirir as melhores experiências possíveis! Após uma competição como essa, dou mais valor ainda ao meu treinador Cadu Polazzo, que sempre me auxilia nas provas e planeja meus treinos com foco em nossos objetivos. Essa foi para você, Cadu! Espero que juntos ainda conquistemos grandes títulos. Com este resultado quase consegui atingir meu objetivo, que era completar a prova entre as 10 primeiras colocadas, mas considero meu resultado como um verdadeiro Top 10, pois foi uma incrível prova de recuperação.

Só tenho a agradecer a toda torcida do Brasil, pelas redes sócias, e à minha família, pois com todo esse apoio consigo sempre ir além de meus limites. Agradeço, principalmente, a Deus por ter iluminado meus passos, ou melhor, minhas pedaladas.

Raiza Goulão


Comentários



Relacionados