MENU

Campeonato Brasileiro de MTB 2021 - XCO - Avancini conquista seu 19º título

Atleta venceu na tarde desta terça-feira (2) a prova de Cross Country Olímpico em Mairiporã (SP)

Release de Imprensa
Mairiporã, 02 de novembro de 2021 – Henrique Avancini confirmou o favoritismo e conquistou, na tarde desta terça-feira (2), o título de campeão brasileiro na categoria de Cross Country Olímpico (XCO) de mountain bike. Foi o 19º título de campeonato brasileiro conquistado pelo atleta, que no domingo já havia vencido a prova de Short Track (XCC).

“Muito feliz com mais um título brasileiro. Enquanto eu estiver ativo quero ter essa bandeira no peito”, resumiu Avancini após a vitória. “Foi uma prova pesada, terminei muito cansado e, agora, preciso de férias. Me senti ameaçado para conseguir buscar forças no fundo da alma. Sempre que passeio com a minha filha e ela vê uma bandeira do Brasil ela diz ‘a sua bandeira do Brasil’ e hoje ela mandou um áudio me pedindo para ganhar a minha bandeira do Brasil.”

A competição desse ano foi mais uma vez realizada na cidade de Mairiporã, em São Paulo. Foi o terceiro ano seguido que o local recebeu a prova, mas desta vez o circuito recebeu diversas mudanças, com novos obstáculos, com cada volta tendo 4810 metros de extensão e 178 metros de altimetria.

Publicidade



Avancini venceu a competição com o tempo de 1h19min35seg. Ao todo 29 atletas participaram da disputa, que teve na segunda colocação Luiz Henrique Cocuzzi, seguido por José Gabriel. Atletas da equipe Caloi / Henrique Avancini Racing, Edson Rezende chegou em quarto, Ulan Galinski foi quinto e Gustavo Muller, sétimo.

Para confirmar o favoritismo e chegar a mais uma vitória, Avancini teve se superar uma pequena queda e um problema na roda traseira. O ciclista da Cannondale Factory Racing pedalou a volta inicial (start lap) e aproximadamente metade das demais cinco voltas próximo de Coccuzi, Zé Gabriel e Ulan Galinski. Pouco antes da troca da roda traseira, na volta 3, Avancini abriu vantagem na liderança, e depois do conserto, seguiu sozinho para garantir mais uma vitória em Mairiporã.

“Logo no começo da prova senti um problema na roda e fiquei com medo de estourar a corrente. Construí uma vantagem para conseguir parar e trocar. Consegui aumentar a diferença antes da parada e ainda sair em primeiro. Talvez desse para seguir direto, mas não podia arriscar arrebentar a corrente longe do ponto de troca. Às vezes pequenos problemas nos obrigam a tomar decisões estratégicas”, explicou.

Com o título, Avancini poderá seguir usando a bandeira do Brasil no peito durante toda a próxima temporada, direito exclusivo do campeão brasileiro. O atleta, em seus discursos, sempre comenta sobre a importância e orgulho de usar a bandeira do Brasil nas provas que disputa no Brasil e no exterior.

Publicidade


A temporada 2021 está encerrada para Avancini, que agora só volta a competir oficialmente em 2022. O próximo ano marcará a estreia do Brasil em uma prova da Copa do Mundo de MTB. A competição ocorrerá em Petrópolis, cidade de Avancini. “Foi uma temporada duríssima, com grandes desafios principalmente fora das pistas. Preciso me cuidar, cuidar da saúde, investir na família. Fico feliz por terminar em alta a temporada no exterior, inclusive com vitória no short track na etapa da Copa do Mundo na Suíça. Foi uma temporada muito exigente e este ano percebi que preciso otimizar minhas forças. Sinto que consigo ser muito mais eficiente e preciso usar meu corpo com mais inteligência. É preciso gastar os cartuchos com sabedoria”, concluiu o campeão mundial da maratona e maior nome do Brasil na história do Mountain Bike.


Relacionados

Comentários

Outras notícias

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.