MENU

Bunnyhop - Uma das técnicas mais úteis do mountain biking

     

Se você usa a bike para se locomover, vai poder subir calçadas quando quiser. Se você faz downhill, vai poder pular pelos rock gardens. No cross-country, se beneficiar nas raízes. E no trial é o movimento essencial.

Como ainda existem pessoas que não sabem bunnyhop ? Não é vergonha, muitos competidores não conseguem dar um bunnyhop, mas mesmo assim conseguem se dar bem em competições. Isso, apesar de parecer estranho, é bem possível, pois existem maneiras menos "elegantes" (e menos rápidas) de cruzar obstáculos, principalmente para bikes de downhill que podem atropelar tudo que está pela frente. Porém, aqueles poucos segundos ou milésimos de segundos que definem o campeão, podem ser ganhos em um bunnyhop bem sucedido. Bunnyhop é uma das técnicas mais antigas e mais úteis no mountain biking. Na verdade, existem dois tipos básicos: o bunnyhop tradicional e o advanced bunnyhop.

O primeiro é muito usado por amadores, pois é mais fácil de aprender. Basta flexionar o corpo para baixo e se impulsionar para cima, puxando a bike e conseqüentemente as duas rodas ao mesmo tempo.O movimento se assemelha a de uma mola: flexionando e se impulsionando.

Apesar de fácil, tem muitos defeitos: baixa amplitude (altura), pouca possibilidade de se controlar o movimento, alto perigo de queda (pois a roda da frente pode não ultrapassar o obstáculo) e falta total de estilo.

Já o advanced bunnyhop, ou apenas advanced para os mais íntimos, é só maravilha. Sem dúvida é mais difícil de aprender, mas com um pouco de treino sua vida ciclistica vai mudar!

- O movimento (acompanhe pelas fotos):

1. Em pé na bike, jogue o seu corpo para trás, levantando a roda da frente o máximo que puder. Se você achar que vai cair para trás, basta frear a roda traseira que você voltará.

2. Quando a roda dianteira estiver no ponto mais alto que você consegue levantar, jogue seu corpo para cima/frente.

3. Automaticamente a roda traseira vai sair do chão e isso acontece enquanto a roda dianteira ainda está no ar, podendo ultrapassar os obstáculos. Tente, com o jogo de corpo e prática, sempre pousar com a roda traseira ou as duas ao mesmo tempo.

- O que você não deve fazer:

Não tente aprender o movimento com pedais clip. Ao contrário do que muitos pensam, ele só vai atrapalhar, pois você não irá aprender o movimento correto e se puxar demais a bike, não terá como evitar a queda.

Se você conseguiu dar o advanced algumas vezes, mas não consegue fazer sempre, não tente pular obstáculos perigosos. Achar que já sabe é mais perigoso do que não saber. Quando você realmente souber e ganhar experiência, vai conseguir executar o movimento perfeito a qualquer momento e vai poder avaliar bem os obstáculos a serem vencidos.

O advanced não é a técnica certa para pular rampas. Normalmente você deve deixar a bike fluir e não puxá-la. Saber o advanced ajuda para o controle da bike, mas as vezes pode dificultar a decolagem. Enfim, papo para outro artigo.

- Um novo mundo de possibilidades:

Só para se ter uma idéia, o record mundial de bunnyhop (advanced obviamente) ultrapassa um metro de altura. Com essa poderosa técnica podemos:

Saltar por pedras e raízes nas trilhas
Saltar vãos inteiros de escada na cidade
Subir em meio-fio (guia de calçada) sem precisar frear
Subir escadas (pequenas com hardtails, maiores com fulls)
Ter mais controle ao pular rampas
Fazer manobras básicas, como subir bancos de praças
Saltar buracos na rua, mesmo que grandes
Treine bastante, pois saber essa técnica vai compensar cada segundo de treino. Boa Sorte!










Pedro Cury
(pedro@pedal.com.br)

Fotos (2)

foto 0 - Pedro Cury Mais Fotos
     


Comentários



Mais Notícias