home

Brasileiro de MTB XCO 2018 - Jaque Mourão protagoniza retorno histórico ao topo do pódio

Após quase dez anos afastada da modalidade, Jaqueline Mourão retorna aos 42 anos e faz história conquistando o título brasileiro na categoria Elite


24 JUL, 2018     Gustavo Figueiredo    



Foram quase dez anos afastada da modalidade, mas agora, Jaqueline Mourão está de volta e com muita sede de vitória. Com uma jovialidade incomparável, a atleta de 42 anos, voltou a se dedicar a modalidade faz apenas alguns meses, mas já demonstra um potencial incrível, que lhe rendeu a medalha de ouro no Campeonato Brasileiro de Mountain Bike, disputado neste domingo (22/07), em Parelheiros, bairro da cidade São Paulo.

Foto 68881
    Luis Claudio Antunes / CBC

“É uma honra muito grande poder dividir o pódio com atletas jovens, que já fizeram parte de um projeto de revelação de talentos que desenvolvi a alguns anos atrás em parceria com a confederação. Estou muito feliz e emocionada pelo dia de hoje. O Mountain Bike brasileiro vem evoluindo de uma forma incrível e os atletas precisam aproveitar esse momento”, destacou a campeã.

Antes de desembarcar no Brasil, Jaqueline disputou duas provas testes no Canadá, onde ficou surpresa com seus resultados, e encarou duas etapas da copa do mundo, que lhe renderam confiança e muita motivação para seguir firme de volta na Elite do Mountain Bike XCO.

Na prova do Campeonato Brasileiro, Jaqueline largou forte e liderou três das quatro voltas do percurso, completando a competição com o tempo de 1h28min48. Raiza Goulão, da equipe Primaflor Mandraker Rotor, após enfrentar problemas mecânicos ainda na primeira volta, fez uma corrida de recuperação e após perder várias posições, conseguiu recuperar parte do tempo perdido, e fechou sua participação com 1h32min19 para comemorar a medalha de prata. Leticia Candido, Equipe Audax/FSA, fez 1h36min12 e completou o pódio com o bronze.

“Logo no início da prova eu contei com alguns contratempos na marcha e devido a esse problema minha corrente acabou quebrando no começo da primeira volta. Então perdi muito tempo até o ponto de apoio e tive que fazer uma prova de recuperação, mas agradeço demais o suporte do mecânico da equipe Time Raiza, que deu um suporte muito bom, e fiquei muito feliz com o apoio que recebi da torcida e também por ter competido novamente ao lado da Jaqueline, que é uma pessoa especial e faço questão de parabenizar pela conquista”, declarou Raiza.

Na prova da Sub-23 feminina, prevaleceu a força e o talento de Karen Olimpio, da Squadra/OGGI, que dominou a prova e garantiu a medalha de ouro. A prata ficou com Maria Paula Mesquita, enquanto o bronze ficou com Jaqueline de Borba, do Lar Nossa Senhora Aparecida. Já o título da categoria Junior feminino foi conquistado por Bruna Saalfeld Elias, da equipe Specialized, seguida por Marcela Lima Matos, da Groove/Chaoyang/Shimano, e Vitória Claudino, segunda e terceira colocadas.

Na infantojuvenil, a vitória ficou com a ciclista Luiza Cocuzzi, do Lar Nossa Senhora Aparecida, enquanto Giuliana Morgen, da Sense Factory Racing, levou a melhor na Juvenil, e Tatiane Gil venceu na Master A1 (30-39 anos). Stefanye Ferreira foi a campeã da Master B (40-49 anos).


Comentários



Relacionados