home

Bicicletas de alta performance não precisam de discos, diz Fausto Pinarello


27 JAN, 2017     Gustavo Figueiredo     5    
     


Certamente, a Pinarello é uma das mais conceituadas e modernas marcas de bicicletas do mundo. Com modelos como a nova e super aerodinâmica Dogma F10 e a Dogma K8-S, uma estradeira com suspensão traseira, o fabricante italiano não parece ser muito resistente a inovações tecnológicas. Porém, quando o assunto são os freios a disco, a coisa muda um pouco de figura.

imagem

Segundo o site Cyclingnews, Fausto Pinarello, CEO da marca, o fabricante não pretende incluir freios a disco em seus modelos de altíssimo rendimento, mesmo que alguns modelos da Dogma F8 sejam equipados com a tecnologia. Isso porque, segundo Fausto, os discos não trazem vantagens para competidores.

"No momento, não achamos que bicicletas de alta performance precisam de freios a disco. No futuro talvez, mas provavelmente com outro sistema de frenagem. Não sei qual ainda, talvez algo com o disco no quadro ou algo assim", disse.

"Acho que quem precisa de discos são pessoas pesadas ou com medo de descidas longas. Nestes casos, freios a disco poderiam ajudar, mas os profissionais não precisam deles. Temos 30 ciclistas na Sky e se todos eles vierem me dizer que eles precisam de discos, aí tudo bem. Mas não acho que seja o caso. E se chover, eles simplesmente vão um pouco mais devagar", explicou.

Recentemente, a Pinarello vendeu a maioria das suas ações para a LVMH Moët Hennessy, o mesmo grupo que controla nomes como Louis Vuitton, Moët & Chandon e Bulgari. Com a milionária injeção de dinheiro, a Pinarello planeja expandir sua presença no mundo com a construção de Lojas Conceito.


Comentários

  • avatar

    Rodrigo   

    Rodrigo   

    Mas é lógico que não precisa. Basta ir forte nos freios de qualquer estradeira pra entender. O bicho sai riscando a estrada, o fusível para uma frenagem mais rápida é o pneu, não o freio
    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    adrianomtb    Belo Horizonte - MG

    adrianomtb    Belo Horizonte - MG

    OK, Sr. Fausto. Não precisa fazer bikes top com disco, não se dê esse trabalho. Outros fabricantes farão isso por você. Você fica feliz por manter viva uma tradição de um século de freios ferradura, e seus concorrentes ficam ainda mais felizes por abocanhar uma parte do seu market share.
    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Marcos    

    Marcos    

    Também acho que não precisa. E não é por falta de investimentos. Mais na verdade querem sempre empurrar coisas sem necessidades.

    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Domingues    

    Domingues    

    Acho que esta marca italiana não quer gastar investindo em tecnologia, pois mesmo sabendo que freios tradicionais não não são eficientes e não oferecem segurança vem com esse papo... Me engana que eu gosto rsss...Do.in
    2 ano(s) atrás - Denunciar


  • avatar

    Ivan Zeni dos Santos   

    Ivan Zeni dos Santos   

    Freios a disco em bicicletas Speed de alto rendimento não deveria ser a regra, mas sim uma opção. Usa quem quer, onde quer, nas condições que achar melhor...
    2 ano(s) atrás - Denunciar




  • Relacionados