home

Atleta flagrada com motor na bike desiste do esporte


14 MAR, 2016     Gustavo Figueiredo    
     


Femke Van den Driessche, a belga de apenas 19 anos que foi flagrada com um motor em sua bicicleta no campeonato mundial de Cyclo-cross sub 23 em janeiro, afirmou que vai desistir do esporte e de sua tentativa de defesa no caso, que deveria acontecer amanha em uma audiência da Comissão Disciplinar da UCI em Aigle, na Suíça.

imagem


A ciclista continua afirmando que a bicicleta encontrada era de um amigo e foi erroneamente preparada para a corrida por um mecânico. Porém, o simples fato da bike estar presente nos pits já constitui uma ofensa, tornando a defesa ainda mais complicada. No caso dela, a punição mínima é de seis meses. Porém Brian Cookson, presidente da UCI, já afirmou que a pena será muito mais severa, envolvendo um provável banimento definitivo e uma multa de 50 mil euros.

"Depois de fazer uma consulta com meus advogados e família resolvi abandonar minha defesa na audiência em Aigle e também resolvi abandonar o esporte. O custo da audiência na Suíça seria muito alto e um acerto seria impossível, já que a bicicleta estava nos meus pits", explicou a atleta em um comunicado. "As pessoas que me apoiavam continuam me apoiando e quero continuar vivendo com paz e serenidade, com a esperança que todos terão um pouco de compreensão e respeito por isso", finalizou.




Comentários



Relacionados