MENU

Aposentado, ex camisa amarela Nocentini recebe suspensão de 4 anos por doping

Além disso, ciclista ainda perdeu todos os resultados dos dois últimos anos de sua carreira, que encerrou-se em 2019

O ciclista italiano Rinaldo Nocentini, aposentado desde 2019, recebeu uma punição retroativa do
Comitato Olimpico Nazionale Italiano (CONI), por supostas alterações em seu passaporte biológico. Em 2009, ele chegou a liderar o Tour de France por oito dias, entrando assim para o super seleto grupo de atletas que já vestiu a camisa amarela.

Rinaldo Nocentini
Rinaldo Nocentini    Filip Bossuyt / Wiki

Segundo a entidade, a pena máxima de quatro anos, mais a eliminação de todos os resultados do atleta nos últimos dois anos deve-se a "ou ou tentativa de uso de métodos proibidos". Com isso, ele está proibido de participar de qualquer competição de ciclismo entre 30 de novembro de 2020 até 29 de novembro de 2024.

Nocentini pendurou as sapatilhas com 42 anos e, em sua carreira, ele já correu por equipes como a portuguesa Club/Tavira e também pela francesa G2R La Mondiale. Dentre suas maiores vitórias, existe uma medalha de prata no mundial sub-23 e um segundo lugar na Paris-Nice em 2008.

Além disso, ele venceu uma etapa do Tour da Califórnia e terminou o Tour de France no décimo segundo lugar.


Relacionados

Comentários



Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.