home

AeroPod promete medir arraste aerodinâmico da bike em tempo real


5 MAR, 2018     Gustavo Figueiredo     2    



Desenvolvido pela Swiss Site, o AeroPod nasceu como uma ferramenta de coleta de dados para o desenvolvimento das rodas aerodinâmicas do fabricante. Agora, a marca afirma ter aperfeiçoado o projeto, criando um equipamento que permite coletar em tempo real o arraste aerodinâmico de uma bicicleta.

Foto 66763
   Divulgação

Com isso, o fabricante afirmar ter criado um "túnel de vento na vida real", capaz de mensurar o arraste do conjunto bicicleta e ciclista em condições reais de clima e temperatura. Detalhes técnicos do funcionamento do produto ainda não foram revelados, nem quando ele estará disponível para o consumidor.

Foto 66762
   Divulgação

O que se sabe até então é que o conjunto é dividido em duas partes, com um componente pendurado no guidão da bicicleta e um mostrador que apresentaria os dados de arraste. Ao que parece, o AeroPod funciona medindo a velocidade real do vento, utilizando um algoritmo que leva em conta a potência gerada e a velocidade para calcular o coeficiente de arraste aerodinâmico.





Comentários

  • avatar

    Cebo    São Paulo - SP

    Cebo    São Paulo - SP

    Gryphon, pensando aqui por cima. Se você sabe exatamente a velocidade do vento e a potência gerada, não dá pra calcular o arraste com certa precisão? Por exemplo, para andar a 20km/h precisa de 100 watts em um modelo testado por eles no túnel de vento. Logo, se o cara tá a 20km/h e ta gerando 150 watts, sabemos que o arraste dele é 50% maios. Vamos criar um tópico no forum para isso? rsrsrs
    12 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    Gryphon    São Paulo - SP

    Gryphon    São Paulo - SP

    Isso é só um tubo de pitot, que aeronaves usam há um século.
    O resto é puro chute. Diferentes quadros, diferentes ciclistas, diferentes uniformes, diferentes rodas... Tudo isso muda a aerodinâmica. Medir arrasto de verdade, só num túnel de vento. Então o que existe são parâmetros meio chutados a partir de tabelas que entram numa formula e faz um Cálculo Hipotético Universal Técnico Especulativo (o importante método conhecido em toda engenharia como método do C.H.U.T.E.) sobre quanta potência de arrasto o ciclista está gerando. Isso me lembra um instrumento que um colega meu tinha na bike dele nos anos 70. Era um velocímetro que media pela força do vento. Acho que era um instrumento que media algo mais real que esse aí.

    12 mes(es) atrás - Denunciar


  • avatar

    alexandre   

    alexandre   

    acho que isso deve ser util em velodromos, pois as interferencias como vento serão quase nulas uma vez que estao em ambiente controlado diferentemente em uma estrada
    12 mes(es) atrás - Denunciar




  • Relacionados