| PEDAL | HOME | ARTIGOS | BIKES | TESTES | COMUNIDADE | CLASSIFICADOS | FORUM | FOTOS | VIDEOS | NOTICIAS | TRILHAS | SERVICOS | CONTATO | + |
Fórum Início Fórum Início > Outros > Melhores Tópicos - Geral
  Tópicos recentes Tópicos recentes RSS Feed - Pedalada Pelada, Cicloativismo e Vergonha na cara
   [REGRAS]    Ajuda Ajuda  Procurar no fórum   Registrar Registrar  Entrar Entrar

Pedalada Pelada, Cicloativismo e Vergonha na cara

 Responder Responder Página  <12
Autor
Mensagem
  Tópico Procurar Tópico Procurar  Opções do Tópico Opções do Tópico
notivago Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 05 Mar 2009
São Paulo
Desconectado
Mensagens:655
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de notivago Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Mar 2009 as 16:12
Originalmente Postado por Alex SP Alex SP Escreveu:



Sempre reclamam das minhas críticas ao WNBR e ao movimento cicloativista em geral. Me perguntam "pô, todo ano a mesma coisa? Todo ano vc mete o pau?". E eu respondo: todo ano o mesmo protesto, todo ano as mesmas propostas - sim, todo ano as mesmas críticas. Eu já propus debater a sério o problema. Ano passado debatemos o tema em termos mais racionais. Mas como sempre, a esquerda nunca é racional. E não venham me dizer que esse não é um movimento de esquerda, pq é anti-direita, vai contra o status quo, contra o estabilishment, é esquerdista sim, na essência! Eu admito que sou ácido nas críticas, mas confesso que fico (negativamente) impressionado com a intolerância, o radicalismo, a intransigência dos meios, propostas e atitudes dos menos moderados. OK, se eles consideram que a situação recrudesceu, que os canais estão fechados, que as propostas anteriores mais moderadas não deram certo, então é hora de recrudescer tb, paciência. Mas que assumam isso e não sejam hipócritas.Eu não espero que ninguém diga amém às críticas, mas me parece que nem ao menos é considerado o que o "outro lado" pensa. Por "outro lado" eu quero dizer a mídia, a polícia, os políticos, os motoristas, o vendedor de flores, os empresários, enfim... Até mesmo os ciclistas que não pedalam bikes retrô e/ou fixas com bagageiros, usando papetes e roupas largas de sarja. Ou que não tirem as roupas nos protestos do WNBR...Cada vez mais me parece um movimento ressentido, refratário, extremo. O problema é que eles não aceitam nenhuma opinião diferente. Ou se compra tudo, ou não se leva nada. O universo blogueiro que retro-alimenta essa "luta" é extremamente ativo, mas acaba aí pq é ao mesmo tempo extremamente hermético. Aí, quando eles encontram um fórum onde as idéias e propostas não reverberam (como o caso do Pedal), a coisa ferve. A única frente de protesto válida é a deles. Se eu pedalo na minha, de boa pela cidade, com minha roupa de lycra colorida, bike racing e capacete combinando com a sapatilha, sou um outsider. Como o cicloativismo pretende mudar alguma coisa desse jeito? Me desculpem, eu estou aberto a qualquer debate, e quando digo aberto me refiro a mente aberta, conceitos abertos. Mas eu sou independente, penso logo existo, e não pretendo ser manipulado de forma tão fácil. Se eu discordo tenho tanto direito de manifestar minha discórdia ou até mesmo descontentamento no mínimo com o mesmo grau de liberdade que os cicloativistas que tiram a roupa na rua para chamar atenção à sua causa, e dizem que a causa é de todos. Eu sou ciclista, e se o movimento cicloativista pretende falar em meu nome, se pretende me representar tal e qual tem sido conduzido pelos responsáveis por ele, nominados ou anônimos, eu tb exijo o direito de debater os métodos propostos sem ser taxado de podre. E que eles assumam a responsa e aceitem as críticas de forma mais civilizada. Do contrário, sou mesmo do contra! LOL


Cara, radicalismo existe dos dois lados, impermeabilidade à idéias existe dos dois lados, não é prerrogativa da esquerda ou direita. Se você considera que esquerda é tudo que vai de encontro e oposição ao status quo, então pela definição a esquerda é por natureza antagonista e a Bicicletada se enquadra nesta definição, mas o conceito de esquerda hoje é um pouco mais amplo do que a sua origem na revolução francesa e poderia ser melhor definida, roubando as palavras do famoso filósofo vulcano, como: "the needs of the many outweigh the needs of the few".

O que ainda deixa a bicicletada no alinhamento de esquerda, mas remove o antagonismo como condição necessária para a definição de esquerda.

Eu me considero uma pessoa de esquerda, já fui radical nas minhas posições, alguns(todo mundo) dizem que ainda sou, mas com o tempo o que eu aprendi é que não é efetivo estar sempre em atrito, força contrária só deve ser exercida quando absolutamente necessário, é mais fácil mudar o curso do rio aos poucos do que inverter o sentido de suas águas.

Na questão da WNBR eu estou de acordo com você, a nudez é um detalhe adicional que não acrescenta que apenas mina a força do movimento, a população perde o foco na bicicleta e foca na nudez, faz com que as pessoas em vez de simpatizarem com a causa se ofendam, derrota o propósito.

Na flauta mágica do Mozart, quando o príncipe ganha a flauta lhe é dito que ela é a arma mais poderosa do mundo porque a música tem o poder de mudar o coração dos homens, com a atitude antagônica faz-se exatamente o contrário transforma-se a bicicleta na espada e afasta as pessoas da causa.

E o que me aborreceu ainda mais a respeito da bicicletada foi o movimento de despistar a polícia, ao invés de fazer aliança com a polícia, ao fazer esse tipo de coisa a bicicletada afasta ainda mais o ciclista da polícia. IMAO foi totalmente infantil a atitude.
Voltar para o topo
Alex SP Ver Drop Down


Registrado: 12 Mar 2004
São Paulo
Desconectado
Mensagens:8970
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Alex SP Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Mar 2009 as 16:22
Eu pedalo todo dia, André. Saio no mínimo 6 dias por semana pra treinar, e eventualmente pra trabalhar tb. Mas tb dirijo.

Vc acha que aqui só tem nerds de computadores que ficam masturbando essas questões virtualmente, mas está redondamente enganado. Essa impressão é errada. A grande maioria aqui, acredito eu, é ciclista de coração tanto quanto qualquer cicloativista, e pedala bastante. Vc está dividindo, criando subcategorias, quando deveria estar agregando, pq vc se acha mais ciclista urbano do que a galera daqui. Ou pelo menos é isso que transparece nas suas palavras ressentidas e prepotentes. Pense a respeito, se achar que deve.

Minha opinião é que temos muito o que fazer entre os próprios ciclistas em relação à educação, treinamento, direção defensiva, postura, comportamento, etc. ao mesmo tempo em que temos algo a "ensinar" aos motoristas. Eu já tive a oportunidade de pedalar no trânsito das cidades mais civilizadas do mundo em relação à bike, e tirando a questão cultura e de infra-estrutura (que são praticamente tudo e estão intimamente ligadas, inclusive), honestamente não posso dizer que SP é esse inferno que vcs dizem que é.

Independente de qualquer coisa, considere que não é só vc que age de boa-fé nessa questão. Só pq alguns de nós não concordam com a filosofia e alguns métodos de certos movimentos não quer dizer que estejamos agindo de má-fé. Vc não é o dono da verdade, e no mínimo existem dois lados dessa questão em que vc está envolvido. A sua não é a definitiva, e o seu julgamento não tem maior ou menor validade ou peso.
Look Good, Feel Good, GO FAST!
Voltar para o topo
luciano ramos Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 27 Jan 2004
sao paulo - sp
Desconectado
Mensagens:2638
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de luciano ramos Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Mar 2009 as 16:23
Originalmente Postado por CicloBR CicloBR Escreveu:

Originalmente Postado por satoshi satoshi Escreveu:

Que tal organizarmos uma anti-Pedalada Pelada? Mostrar os dois lados da moeda do ciclismo? Os nus ou semi-nus de um lado da Paulista e os de capacete e roupa do outro lado?
Pelo menos a população irá ver que não é só de pelados que se faz um grupo de ciclistas.


Porque não organizam então? Lá em São Francisco, tem um grupo que não concorda com o Critical Mass e organizam o um pedal andando absolutamente dentro da lei. Porque não fazem o mesmo? Porque não fazem algo longe dos computadores?

Falar que a maioria dos ciclistas que estavam no WNBR é mentir descaradamente é coisa de alguém que mente por má fé. Pelo menos uns 80% dos ciclistas que lá estavam pedalam diariamente, usam a bicicleta como principal meio de transportes e não pegam a bicicleta num domingão e ficam se vangloriando por pedalar 80 km num dia.

Falar que os PMs, no dia a dia, tratam bem o ciclista é outra piada, já foi reclamar para um PM de uma fina que levou de um motorista?

Com certeza não, pois só leva fina quem realmente pedala todos os dias e não apenas as pessoas que pedalam.
 
André,
 
Amigão, acho que está direcionando o assunto para um lado errado.
Aqui é o forum de CICLOTURISMO, pegue aí os posts do pessoal, a maioria pedala sim regularmente e muita gente usa a bike diariamente.
 
Escrevi o testo baseado no que eu ví, não no que eu ví na TV. Um bando de desocupados atrapalhando o trânsito, bebendo cerveja e querendo chamar a atenção de qualquer meio de divulgação em massa.
 
Não preciso organizar uma anti-pedalada pelada para mostrar que sou ciclo-ativista. Só não consigo visualizar NENHUMA utilidade nesse tipo de evento, muito pelo contrário. Esse tipo de atitude somente mancha a imagem de ciclistas sérios que querem fazer da bike um estilo de vida.
 
Sobre os PMs: Sempre fui bem atendido e respeitado por qualquer autoridade de transito, florestal ou rodoviária. Após o desfecho "MARAVILHOSO" da tal da "Pedalada Interplanetária" um dos melhores passeios de SP e a única forma racional de se chegar ao litoral foi definitivamente fechada para ciclistas. Então, ao contrário do que se pensa, esse tipo de movimento presta sim um retrocesso ao progresso do ciclismo.
O que vc acha que passa pela cabeça de um PM ter que ser destacado para ficar pageando um grupo de desocupados pedalando pelado pela cidade??? Vc acha que eles estavam ou ficaram contentes por isso??? Vc tem certeza que a função básica da polícia é ser baba de um movimento inútil e sem função prática alguma? Isso explica a cara feia da maior parte deles.
 
Como alguns já citaram, dependendo da atitude que vc se propoe  a fazer ou ao analisar o resultado de qualquer movimento, o melhor mesmo é não fazer nada. Fazer somente para chocar, aparecer na TV e se autoproclamar ciclista (como se todos os ciclistas pensassem da mesma forma) é no mínimo irresponsável. Se vc conseguir citar um único exemplo plausível da finalidade ou do que se espera como resultado de um movimento como esse, talvez eu até passe a respeitar.
 
Agora, lhe peço um pouco de respeito. Antes de me acusar de mentir e ainda por má fé, tente pesquisar quais lugares já pedalei, quantos grupos de pedalada que eu já criei, quantas pessoas já convenci a voltar a pedalar. Não me escondo atras de movimentos "orgânicos, sem liderança" nem busco incessantemente espaço na mídia para me autopromover. Não preciso disso porque não vivo disso. Não me acuse de uma conduta não - ética sem me conhecer por favor.
Voltar para o topo
JulianoSP Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 13 Set 2008
São Paulo - SP
Desconectado
Mensagens:29
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de JulianoSP Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Mar 2009 as 16:26
Olá amigo, aproveitando sua presença na Audiência Pública dia 13, qual foi o resultado, incluirão ou não as ciclovias no Plano Diretor Estratégico?, se incluiram, para quando é?
E por favor mate uma curiosidade, vocês estavam vestidos ou não na Audiência?
Voltar para o topo
Simone CWB Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 18 Out 2006
CWB
Desconectado
Mensagens:5956
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Simone CWB Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 17 Mar 2009 as 16:28
Não vou muito obrigada, não vou participar, não vou olhar, nem apoiar qualquer movimento que julgue estupido.
 
 Só por aqui já vi que alguns participantes e simpatizantes são grosseiros, e parecem papagaio repetindo a mesma lenga lenga....
 fiquem na Paulista que é bonita, desfilem a flacides, e a palides, bebam cerveja na pedalada e nunca usem capacete, luvas ou qualquer equipamento de segurança!
 
Vão pra Paulista, aqui em Ctba isso não vira noticia!<
 acabem com o transito, dominem a rua por um dia """ OH que Gloria!!!""" 
e sejam felizes Smile
"Seriously?"

Si°°°

Voltar para o topo
Pedro Cury Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Jul 2008
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:4632
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Pedro Cury Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 18 Mar 2009 as 14:38
LuisD bloqueado, Voodoo advertido.  Regras.
Cadastro de Bicicletas Roubadas: <a href="http://www.bicicletasroubadas.com.br" rel="nofollow">www.bicicletasroubadas.com.br</a> - Divulgue no seu blog e pros seus amigos!

Voltar para o topo
FDultra Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 02 Set 2007
Nova Friburgo - Rio de Jane
Desconectado
Mensagens:532
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de FDultra Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Mar 2009 as 22:08
Originalmente Postado por notivago notivago Escreveu:


Nós realmente vivemos num pais hipócrita e retrógrado. Deixe-me deixar bem claro aqui, eu NÃO concordo com a pedalada pelada e eu NÃO concordo com o carnaval. Mas...

O brasileiro é realmente um povo hipócrita e retrógrado(eu já disse isso?). Carnaval é lindo, micareta, trio elétrico, funk, tem tanta baixaria, porcaria e nudez por ai, prostituição infantil tudo isso é aceitável, nossa sociedade acha lindo. Mas basta alguém querer usar a nudez para expressar uma idéia e prontamente é ridicularizado, como se eles fossem a escória da humanidade.

Por que? Por que não eram apenas gostosas desfilando? Por que sexo não estava envolvido? Em outros paises a policia participa, se diverte com o WNBR, aqui eles vão prontos para baixar o cacete. Ciclistas que deveriam valorizar o corpo humano o acham ridiculo e agressivo.

Embora eu ache que eles tenham escolhido a forma de expressão errada para o pais que vivemos(por ser um dos paises mais preconceituosos do mundo, vide alguns posts aqui) os objetivos deles são louváveis.

Seria bom se as pessoas olhassem a sua volta com uma visão menos enviesada.

[]s
Leonardo.


" Nós realmente vivemos num pais hipócrita e retrógrado. ..."

"... O brasileiro é realmente um povo hipócrita e retrógrado(eu já disse isso?). ..."

"... Em outros paises a policia participa, se diverte com o WNBR, aqui eles vão prontos para baixar o cacete. ..."



Realmente não da para entender. Pela briga que você arrumou no post do Metro SP, com uma postura politicamente correta intolerante, querendo dar lição de moral, todo exaltado. Jamais imaginei que você fosse dado a figuras de linguagem também.

Quer dizer que você pode???? Ou você realmente está afirmando que toda a população brasileira é retrógrada e hipócrita? Impressionante, porque você não livrou nem a sua cara, se chamou de retrógrado e hipócrita também! Nisso eu sou capaz de concordar contigo.

E a polícia, embora tenha comparecido ao evento "...prontos para baixar o cacete..." , parece que este ano não bateu em ninguém. Quer dizer, todos os policiais que estavam naquela avenida naquele dia, estavam de prontidão para agredir os ciclistas. Hum... Isso pode então, não é generalização.

"... Seria bom se as pessoas olhassem a sua volta com uma visão menos enviesada...."

 Também acho! Ta vendo? Tem muitas coisas no seu discurso com as quais eu concordo. 
 O problema, é quando você ataca os outros só porque não concorda com a opinião deles. Você me acusou de mentiroso por que eu disse que todos os prefeitos odeiam bicicleta. Embora, para mim esteja claro que existe uma hipérbole implícita na frase. Como eu espero que também haja uma nas afirmações que você fez sobre o povo brasileiro, mais acima. Mas mesmo que não houvesse, não seria o caso de entornar o vidro de ácido dentro do fórum. Há espaço para contestação, inclusive de forma veemente. E isso é diferente do linguajar que você utilizou.

 Inconsistente e perda de tempo.
BIKE []'s

FRED
Voltar para o topo
notivago Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 05 Mar 2009
São Paulo
Desconectado
Mensagens:655
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de notivago Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Mar 2009 as 22:57
Originalmente Postado por FDultra FDultra Escreveu:


Originalmente Postado por notivago notivago Escreveu:


Nós realmente vivemos num pais hipócrita e retrógrado. Deixe-me deixar bem claro aqui, eu NÃO concordo com a pedalada pelada e eu NÃO concordo com o carnaval. Mas...

O brasileiro é realmente um povo hipócrita e retrógrado(eu já disse isso?). Carnaval é lindo, micareta, trio elétrico, funk, tem tanta baixaria, porcaria e nudez por ai, prostituição infantil tudo isso é aceitável, nossa sociedade acha lindo. Mas basta alguém querer usar a nudez para expressar uma idéia e prontamente é ridicularizado, como se eles fossem a escória da humanidade.

Por que? Por que não eram apenas gostosas desfilando? Por que sexo não estava envolvido? Em outros paises a policia participa, se diverte com o WNBR, aqui eles vão prontos para baixar o cacete. Ciclistas que deveriam valorizar o corpo humano o acham ridiculo e agressivo.

Embora eu ache que eles tenham escolhido a forma de expressão errada para o pais que vivemos(por ser um dos paises mais preconceituosos do mundo, vide alguns posts aqui) os objetivos deles são louváveis.

Seria bom se as pessoas olhassem a sua volta com uma visão menos enviesada.

[]s
Leonardo.
" Nós realmente vivemos num pais hipócrita e retrógrado. ...""... O brasileiro é realmente um povo hipócrita e retrógrado(eu já disse isso?). ..."
"... Em outros paises a policia participa, se diverte com o WNBR, aqui eles vão prontos para baixar o cacete. ..."

Realmente não da para entender. Pela briga que você arrumou no post do Metro SP, com uma postura politicamente correta intolerante, querendo dar lição de moral, todo exaltado.


Primeiramente, eu não sou politicamente correto, inclusive eu sou a pessoa menos politicamente correto que eu conheço, uma opinião ou atitude politicamente correta é aquela que procura gerar a menor quantidade de atrito entre todas as partes.

Eu sempre entro em atrito por causa das minhas idéias e dificilmente aparo as arestas, em uma empresa que eu trabalhei um colega me apelidou de "!"(not) em java o operador "!" nega o valor lógico de algo, por que eu estou sempre discordando.

Citação de Jamais imaginei que você fosse dado a figuras de linguagem também.Quer dizer que você pode???? Ou você realmente está afirmando que toda a população brasileira é retrógrada e hipócrita? Impressionante, porque você não livrou nem a sua cara, se chamou de retrógrado e hipócrita também! Nisso eu sou capaz de concordar contigo.


Sim, me chamei, até onde eu sei eu faço parte do povo brasileiro, minha cultura e a maneira como eu penso deriva dele, por que eu deveria tentar livrar a minha cara?

Eu não tenho uma visão "embelezada" de mim mesmo, eu não acho que estou acima de ninguém, se você tivesse prestado atenção teria visto que muitas vezes eu coloco IMAO(In My Arrogant Opionion) quando emito uma opinião.

Citação de E a polícia, embora tenha comparecido ao evento "...prontos para baixar o cacete..." , parece que este ano não bateu em ninguém. Quer dizer, todos os policiais que estavam naquela avenida naquele dia, estavam de prontidão para agredir os ciclistas. Hum... Isso pode então, não é generalização.


Não é generalização, é observação de um fato ocorrido no ano passado, a menos que o que me tenha sido informa esteja errado, foi assim. Se eu falasse: A policia sempre quer baixar o cacete. Dai seria uma generalização.

Citação de "... Seria bom se as pessoas olhassem a sua volta com uma visão menos enviesada...." Também acho! Ta vendo? Tem muitas coisas no seu discurso com as quais eu concordo.


Que bom! Quer dizer que você ainda tem salvação!

Brincadeira.

Citação de O problema, é quando você ataca os outros só porque não concorda com a opinião deles. Você me acusou de mentiroso por que eu disse que todos os prefeitos odeiam bicicleta. Embora, para mim esteja claro que existe uma hipérbole implícita na frase.


A falha da comunicação é sempre de quem comunica.

Citação de Como eu espero que também haja uma nas afirmações que você fez sobre o povo brasileiro, mais acima.


Não há. Você sabia, por exemplo que o Brasil é visto assim pelo resto do mundo e que a região sul é considerada a mais retrógrada mesmo em comparação com o resto do brasil? Você sabia que as empresas de marketing do mundo inteiro mandam produtos novos para lá por que se o produto for aceito lá ele é sucesso no resto do mundo? Isso é tão retrógrado quanto se pode ser.

Veja os nossos preconceitos contra tudo e qualquer coisa, homossexuais por exemplo.

Citação de Mas mesmo que não houvesse, não seria o caso de entornar o vidro de ácido dentro do fórum. Há espaço para contestação, inclusive de forma veemente. E isso é diferente do linguajar que você utilizou. Inconsistente e perda de tempo.


Acho que eu estou falhando em compreender o seu problema com o meu linguajar, se importa em elaborar melhor, por que eu não me lembro de ter usado de linguagem de baixo calão em nenhum momento, mesmo quando você usou desse recurso...

[]s
Voltar para o topo
Simone CWB Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 18 Out 2006
CWB
Desconectado
Mensagens:5956
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Simone CWB Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 20 Mar 2009 as 23:10

EDITADO ...
 
 MELHOR DEIXETongue
 
 


Editado por Simone CWB - 20 Mar 2009 as 23:23
"Seriously?"

Si°°°

Voltar para o topo
FDultra Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 02 Set 2007
Nova Friburgo - Rio de Jane
Desconectado
Mensagens:532
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de FDultra Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 21 Mar 2009 as 00:08
"... Sim, me chamei,..."

Isto é um recurso escapista sofrível. Mas o hipócrita te cai como uma luva. Realmente, você é desprovido de coerência. Retrógrado não, porque isto seria uma contradição, já que você, como hipócrita, busca argumentos  que sustentem as suas afirmações em qualquer  linhas de pensamento.

"... um fato ocorrido no ano passado..."

Quando toda a pasta refere-se à passeata DESTE ano, a que o Luciano relatou. Isto é mistificação (enganação mesmo), e de novo, uma recorrencioa escapista quase risível.

"... Você sabia, por exemplo que o Brasil é visto assim pelo resto do mundo..."

Agora é a minha vez de te perguntar. Quem é você para poder fazer uma afirmaçãozinha leviana (leia leviana em todos os sentido que quizer), destas??? Não... hehehe sério mesmo. Como é que você tem esta petulância? Isto é uma mentira DESLAVADA.

Tenho familiares morando na Europa,Canadá e EUA. Minha família faz negócios no exterior ha mais de 20 anos. E, em todo este tempo, a única coisa que fica clara é a admiração que todos em todos os lugares tem por nossos profissionais, estudiosos, esportistas, produtos, músicos, cultura e beleza brasileiras. E há uma separação bastante clara entre estes valores brasileiros e as nossas deficiências, governos ineptos, baixa distribuição de renda, corrupção, etc... Todos os países tem mazelas. E gente como você, com este baita complexo de inferioridade rancoroso, devia ir embora. Porque se eu estivesse num lugar assim, ceracdo por gente hipócrita e retrógrada, ia. Leia mais um pouquinho. Existem escritores tupiniquims excelentes, de primeira grandeza mesmo. Experimente Ariono Suassuna, sei lá... Se informe, para não matar meus conterrãneos de vergonha, ou de raiva por alguma besteira destas que você venha a repetir em lugar impróprio.

 Somos a democracia e economia mais desenvolvida da américas latina. Somos donos da maior cervejaria do mundo, com o único caso que se teve notícia até então de um grupo de acionistas minoritários que foi alçado ao comando daquela organização (Imbev), em função de sua extraordinária capacidade profissional. Eu não vou ficar aqui perdendo mais do  meu tempo escrevendo. Porque você não merece, você se mostra um muleque metido a sabichão, tirando casquinha das situações quando pode, um oportunista. Com quem eu, pela simples motivação de bater um papo agradável, tive o desprazer de topar e ainda por cima dar crédito.

"... o seu problema com o meu linguajar..."

 Nenhum! Agora que eu sei como você se comporta, nenhumzinho. Mas essa questão de linguajar é interessante. Porque a palavra, é tudo o que há aqui neste forum. É a nossa ferramenta. E se ela é enganosa como a sua, não presta.

 Por favor não se de ao trabalho de responder. Porque eu não vou. Parei aqui.

 Um abraço e boa sorte.

BIKE []'s

FRED
Voltar para o topo
Pedro Cury Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Jul 2008
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:4632
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Pedro Cury Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 27 Mar 2009 as 21:22
O que eu ainda não entendi é o que esses ativistas querem. É algo genérico como "respeito à bicicleta" ? Ou existe algum foco ?

Pelo (pouco, admito!) que leio, não existe muito foco nessas manifestações.

Pegando o exemplo do Rio, não vejo nada que possa melhorar para o uso, como transporte, da bicicleta. Temos ciclovias (talvez a maior diferença pra São Paulo), temos leis que protegem o ciclista, temos bicicletários. O que mais falta ? Prefiro mil vezes me locomover de bicicleta do que de carro... sempre preferi para distâncias pequenas/médias.

O que falta, e isso não tem nada a ver com bicicleta, é resolver os velho problemas do Brasil... principalmente a impunidade! Sabe o que me atrapalha como ciclista urbano ? Segue a lista: 

- Ter que ter uma bicicleta velha e ruim para não chamar atenção de ladrões e poder prendê-la em lugares públicos (e alguns privados). 

- Ter que ficar muito atento quando estou andando com as minhas bicicletas boas, inclusive quando vou colocá-las no carro, no meio da rua. E até com elas dentro do carro, tentando cobrí-las para não chamar muita atenção.

- Não poder pedalar com minha namorada, pois só tenho uma bike ruim que pode ser roubada, já que vou andar devagar e correr risco.

- Mais respeito de alguns motoristas.

- Ter que desviar dos imbecis, também de bicicleta, que vem na contra-mão.

O que isso tem a ver com ciclo-ativismo ? Pra mim, absolutamente nada!

O foco está errado! O problema está com o Brasil e não com as bicicletas! Estamos sujeitos a esses problemas como ciclistas, pedestres, consumidores, cidadãos e tudo mais!

Tenho amigas que pedalavam e não pedalam mais porque tem medo! Elas tinham bicicletas, temos ciclovias, e tudo mais... porque desistiram ? Porque tem medo de passar no túnel, onde muitas vezes tem assaltos, praticados por menores (os "tadinhos", que não podem ser presos e são as vítimas!). Reclame com a polícia e eles vão falar que não podem fazer nada porque são menores (sim! Eu já tentei!).

Experimente também deixar sua bicicleta, cara ou não, presa nos bicicletários da prefeitura, que tem na praia. Não precisa ser a noite não, pode deixar num sábado de sol, movimentado, as 14 da tarde. Se for cara, é bem provável que ela desapareça enquanto você está lá feliz curtindo o sol. Se não for, talvez desapareça também. Só verificar no nosso cadastro de bikes roubadas que teve um caso esses últimos dias...

Aliás, bike cara é interessante. Um pai de um amigo meu foi assaltado a tarde no calçadão da praia, a mão armada, enquanto pedalava devagar.

E quanto aos motoristas ? Será que as reclamações nossas não são as mesmas dos motociclistas ou de outros motoristas ? Lei existe... o que falta não é punição ? Veja na Europa se os motoristas de ônibus andam fora da faixa deles, não param nos pontos, etc ? Se não fizerem tudo certinho vão pra rua... aqui certamente os motoristas não pagam multa. Como vai existir respeito assim ?

Uma vez, eu estava na faixa da direita, de capacete, no sentido do trânsito, todo certinho e um ônibus tirou fino de mim. E parou no ponto. Desviei e continuei seguindo na minha faixa, agora um pouco mais folgado (mais longe do passeio, mas nada demais). O cara grudou em mim e ficou acelerando forçando a passagem! Pulei pra calçada (e consegui isso porque já tenho bastante experiência). Não duvido nada que ele tentaria me atropelar! Aí ele parou no ponto de ônibus e eu fui reclamar com ele... ele simplesmente falou pra eu ir pra ciclovia (tem uma, há 4 pistas ao lado, e que não faz parte do meu caminho pra casa!) e acelerou furando o sinal para não ter mais que discutir comigo.

O que falta ? Respeito a bicicleta ? Não tenho lei pra me proteger ??

Sabe o que aconteceria se eu parasse na frente dele, ele não me atropelasse e eu chamasse a policia ? Nada... pq eu não tinha, teoricamente, testemunhas. Se tivesse alguém comigo para ser testemunha, provavelmente até a polícia chegar, eu seria linchado pelos passageiros do ônibus por estar "atrasando o lado" deles. Se isso não acontecesse, talvez nem multa o cara iria tomar... e se tomasse, a companhia de ônibus colocaria junto com o kit suborno que eles devem pagar.

É assim que a coisa funciona e não tem nada a ver com ciclo-ativismo. Achar que mostrar a bunda na rua pra chamar atenção vai resolver é muita inocência. É, mais uma vez, essa mania que brasileiro tem de querer copiar os gringos, sem adaptar pra realidade local. É lindo ver na europa o dia da pedalada pelada... mulheres, velhos, velhas, a mídia em peso, tudo na maior paz. Isso não é ofensivo, ninguém liga... chama a atenção de uma forma positiva porque vai pra mídia como um protesto legal! No Brasil é ofensivo e só traz uma imagem negativa. Isso é péssimo! A bicicleta no Brasil já tem uma imagem de brinquedo/lazer que é péssima... quem trabalha de bike é considerado ecêntrico enquanto na Europa você vê as velhinhas no frio e na chuva pedalando pra tudo que é canto.

Pior que isso é só misturar posição política e estilo de vida com a questão! Só faz com que o discursso fique mais chato e impossível de ler. Quando vem acusar de que os "do contra" são "bikers de internet" é pior ainda. Há uns 10 anos que ouço isso e vejo cada vez mais esses pseudos-revolucionários-malas aderindo (e se importando com) a internet...

A única coisa que desejo é que ninguém estrague o que já é ruim! Já vi muita gente fazendo cagada achando que tá mandando bem e ainda levando seguidores. O buraco é bemmmmm mais embaixo e ninguém consegue resolver há anos... talvez nem tenha solução. Para quem não tem ciclovias nas cidades, lutem por ciclovias, leis de trânsito já temos... respeito, segurança, asfalto decente, etc, dificilmente vão conseguir ser resolvidos por ciclo-ativistas... infelizmente!
Cadastro de Bicicletas Roubadas: <a href="http://www.bicicletasroubadas.com.br" rel="nofollow">www.bicicletasroubadas.com.br</a> - Divulgue no seu blog e pros seus amigos!

Voltar para o topo
Pedro Cury Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 19 Jul 2008
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:4632
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Pedro Cury Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 27 Mar 2009 as 21:23
Fiquei um tempo sem internet e depois leio o resto todo e tomo as açoes cabíveis de outros topicos...
Cadastro de Bicicletas Roubadas: <a href="http://www.bicicletasroubadas.com.br" rel="nofollow">www.bicicletasroubadas.com.br</a> - Divulgue no seu blog e pros seus amigos!

Voltar para o topo
anderson_llima Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 20 Jan 2008
osasco -
Desconectado
Mensagens:39
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de anderson_llima Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 01 Abr 2009 as 03:25
       Se Já não bastava a pergunta "você tambem usa aquelas roupas apertadas?" agora tem mais uma " Você estava pelado lá na paulista ontem também?" 
        Mas vai de nós mesmos mostrar e saber explicar com paciência que nem tudo que parece igual realmente é, É facil criticar, se reunir na paulista uma vez no ano rodar sei lá 5km e encomodar os outros pois Deus me livre estar com minha familia em uma avenida movimentada e passar uma pessoa que se diz cidadão pedalando pelado, Deus me livre.
        Quem realmente gosta e curte joga sua bike na rua, muitas vezes sozinho, enfrenta sol, chuva, ate mesmo assaltos, e curte um final de semana inteiro....sem nem mesmo ser percebido, pois quando esta pedalando a cabeça para e realmente fazem estes passeios com a alma, e quando chegam em casa muitos se transformam em mágicos, pois tem que agradar esposa e filhos, com um puta de um recentimento " pocha deixei minha familia final de semana para ir pedalar", mas vale apena só quem sai para se aventurar mesmo que sozinho sabe que vale a pena....     
Voltar para o topo
ogum777 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 30 Jun 2009
são paulo
Desconectado
Mensagens:2898
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (2) Obrigado!(2)   Citação de ogum777 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 01 Jul 2009 as 02:01
esse é meu primeiro post nesse fórum, registrei-me hoje. mas não pedalo desde já.

me conheço e me reconheço como ciclista desde pelo menos 1976, quando ganhei minha primeira bicicleta nova. a segunda biciclet anova tive apenas ano passado. no intermédio, muitas usadas, herdadas, ganhadas, compradas aos pedaços...

passei dias fuçando esse fórum procurando soluções pra dúvidas técnicas e achei muitas. noite que 90% quase dasmensagens são de usuários não laborativos das bicicletas. explico: gente que usa a bicicleta como lazer, esporte, recreação, pra cicloturismo e etc.

esse é um uso que podemos chamar de recreativo. usamos pra desligar do mundo cotidiano.

mas há uma diferença entre esse uso e o real uso cotidiano.

eu não gosto de dirigir. e até conseguir comprar uma dahonzinha aro 16 poder usar a bicicleta como transporte diário ainda era um sonho. e desde a compra da minha dahonzinha vermelha é que me considerei efetivamente ciclista, ciclista de verdade, com C maiúsculo.

por mais que eu pedalasse antes (e pedalei muito entre 1976 e 2008, e a bicicleta deixou marcas indeléveis no meu corpo, o que inclui a perda parcial dos movimentos de uma mão num tombo com fratura exposta e seccionamento de nervos), eu consegui me considerar ciclista apenas quando passei a pedalar de terno pra ir trabalhar. quando percebi que é difícil achar bolsas pra levar livros e tb um capacete, com um clip pra pendurar uma luz de sinalização vermelha. quando percebi que precisava de um capacete discreto e não o amarelão que usava antes. que passei a procurar pasta pra limpar a graxa das mãos... que passei a sentir falta de paraciclos nos locais que frequento a trabalho....

eu respeito muito toda e qualquer forma de ativismo. pq é assim que se faz a verdadeira política, a política social, de mudanças na sociedade. não é na política partidária. e não é simplesmente "andando dentro da lei" - disso entendo bem, sou da área.

as leis evoluem. com o tempo. mas o direito tende a ser conservador. a conservar. estabilizar. e o conservador de hoje é o babaca de amanhã. é só lembrar dos conservadores de ontem, que achavam que mulher não podia usar calça comprida, nem trabalhar, e muito menos usar bicicleta! as primeiras ciclistas do mundo foram apedrejadas na rua! hoje isso nos parece tão retrógrado e troglodita.... é preciso forçar os limites das leis, no sentido do progresso.

tirar a roupa é uma forma sim de chamar a atenção. lady godiva fez isso, por uma causa que hoje se rconhece justa. não só tirar a roupa. monges budistas ateavam fogo ao próprio corpo, e assim produziram imagens chcantes que chamara a atenção do povo americano para o massacre que o exército americano provocava no vietnã.... assim começaram os priemiros protestos contr a aguerra, nos e.u.a.

o cicloativismo brasileiro é tímido. o brasileiro é tímido em matéria de política. o brasileiro reclama de tudo no boteco, e depois vai jogar bola... não se envolve, não protesta. muito diferente do europeu.

copenhagen até os anos 70 não era amigável às bikes. tornou-se depois de um cicloativismo agressivo. antes disse, o mesmo aconteceu nos anos 60 em amsterdam. os provos revolucionaram as políticas urbanas.  das bicicletas brancas à pintura de ciclo-faixas piratas nas ruas, fizeram de tudo.

e hoje copenhagen e amsterdam são paraísos pra ciclistas....

bicicletas e política têm tudo a ver, pois tratam da cidade que queremos que seja o modelo de convivência.

800 ciclistas pelados fazem muito pela bicicleta. pois quem tira a roupa é uma minoria, sempre. se 800 tiram a roupa, 80.000 pedalam.

se 1.000 tiram a roupa, os governos percebem que pode haver 100.000, um milhão que pedale...

durante 50 anos a bicicleta andou dentro da lei. e foi tratada como brinquedo. não tava no código de trânsito... até hoje, bike importada é taxada como brinquedo, não como veículo.

e as auto-escolas ainda não ensinam as regras referentes às bicicletas, e ainda há quem divulgue o certo é a bike andar na contra-mão... estamos 50 anos atrasados em relação aos europeus. pq somos inertes...

então, as atividades dos ativistas podem ser questionadas, mas o ativismo em si não. o ativismo é que leva a sociedade à frente.

se hoje a situação da biciclet ano brasil é melhor que nos anos 80, é pq pessoas como andré pasqualinni, renata falzoni, arturo acosta, e mesmo pedro cury, levaram a bicicleta sério e foram adiante.

colocar a bicicleta na pauta de discussão, e não apenas como modalidade esportiva (pois o esporte é atividade marginal, e não principal da sociedade, apenas atividade econômica de uma pequena parcela de profisisonais), mas principalmente como TRANSPORTE, é necessário, pois só assim teremos inclusive um público grande qualificado pra reclamar que a globo não televisiona o tour de france....

a bicicleta como esporte depende da bicicleta como transporte. não o contrário....

então, eu não me preocupo com perguntas como se eu uso roupas apertadas, se eu tava pelado na paulista... eu já tive que tantas vezes responder se eu era retardado ou gay por não gostar de dirigir e me recusar a usar um carro e poluir o ar meu e dos outros...

ciclistas flácidos e pelados não são uma imagem bonita. mas um congestionamento é uma imagem ainda mais feia. e mais feia ainda é a imagem de uma criança com um ataque de asma alérgica por excesso de poluição no ar.

eu saúdo quem pedala pelado. pois esse peladão horroroso vai chamar a atenção pra bicicleta, e tornar o meu pedalar diário melhor....














asbicicletas.wordpress.com



ecourbana.wordpress.com
Voltar para o topo
Balsa Ver Drop Down


Registrado: 01 Jul 2009
sp sp
Desconectado
Mensagens:4
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Balsa Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 01 Jul 2009 as 02:29
E isso mesmo,,,,,
Voltar para o topo
andre05 Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 24 Out 2012
curitiba
Desconectado
Mensagens:0
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de andre05 Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 28 Out 2012 as 02:20
essa gente só quer aparecer na telinha da globo
Voltar para o topo
Guzansky Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 08 Set 2011
Vila Velha - ES
Desconectado
Mensagens:802
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de Guzansky Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 29 Out 2012 as 15:43
Originalmente Postado por andre05 andre05 Escreveu:

essa gente só quer aparecer na telinha da globo


Meus parabéns por desenterrar um tópico sem contribuir em absolutamente nada com ele.

Voltar para o topo
makein Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 15 Jan 2014
medianeira pr
Desconectado
Mensagens:152
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de makein Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 22 Jan 2014 as 08:46
cilcista que é ciclista de verdade, respeita o proximo, sempre.Wink
Voltar para o topo
Gnascoli Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 06 Mai 2013
Recife-PE
Desconectado
Mensagens:104
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Gnascoli Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 28 Jan 2014 as 13:07
2 coveiros numa paulada só!
Voltar para o topo
Daneguillen Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 06 Mai 2013
Jundiai
Desconectado
Mensagens:64
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de Daneguillen Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 28 Jan 2014 as 17:10
Originalmente Postado por ogum777 ogum777 Escreveu:

esse é meu primeiro post nesse fórum, registrei-me hoje. mas não pedalo desde já.

me conheço e me reconheço como ciclista desde pelo menos 1976, quando ganhei minha primeira bicicleta nova. a segunda biciclet anova tive apenas ano passado. no intermédio, muitas usadas, herdadas, ganhadas, compradas aos pedaços...

passei dias fuçando esse fórum procurando soluções pra dúvidas técnicas e achei muitas. noite que 90% quase dasmensagens são de usuários não laborativos das bicicletas. explico: gente que usa a bicicleta como lazer, esporte, recreação, pra cicloturismo e etc.

esse é um uso que podemos chamar de recreativo. usamos pra desligar do mundo cotidiano.

mas há uma diferença entre esse uso e o real uso cotidiano.

eu não gosto de dirigir. e até conseguir comprar uma dahonzinha aro 16 poder usar a bicicleta como transporte diário ainda era um sonho. e desde a compra da minha dahonzinha vermelha é que me considerei efetivamente ciclista, ciclista de verdade, com C maiúsculo.

por mais que eu pedalasse antes (e pedalei muito entre 1976 e 2008, e a bicicleta deixou marcas indeléveis no meu corpo, o que inclui a perda parcial dos movimentos de uma mão num tombo com fratura exposta e seccionamento de nervos), eu consegui me considerar ciclista apenas quando passei a pedalar de terno pra ir trabalhar. quando percebi que é difícil achar bolsas pra levar livros e tb um capacete, com um clip pra pendurar uma luz de sinalização vermelha. quando percebi que precisava de um capacete discreto e não o amarelão que usava antes. que passei a procurar pasta pra limpar a graxa das mãos... que passei a sentir falta de paraciclos nos locais que frequento a trabalho....

eu respeito muito toda e qualquer forma de ativismo. pq é assim que se faz a verdadeira política, a política social, de mudanças na sociedade. não é na política partidária. e não é simplesmente "andando dentro da lei" - disso entendo bem, sou da área.

as leis evoluem. com o tempo. mas o direito tende a ser conservador. a conservar. estabilizar. e o conservador de hoje é o babaca de amanhã. é só lembrar dos conservadores de ontem, que achavam que mulher não podia usar calça comprida, nem trabalhar, e muito menos usar bicicleta! as primeiras ciclistas do mundo foram apedrejadas na rua! hoje isso nos parece tão retrógrado e troglodita.... é preciso forçar os limites das leis, no sentido do progresso.

tirar a roupa é uma forma sim de chamar a atenção. lady godiva fez isso, por uma causa que hoje se rconhece justa. não só tirar a roupa. monges budistas ateavam fogo ao próprio corpo, e assim produziram imagens chcantes que chamara a atenção do povo americano para o massacre que o exército americano provocava no vietnã.... assim começaram os priemiros protestos contr a aguerra, nos e.u.a.

o cicloativismo brasileiro é tímido. o brasileiro é tímido em matéria de política. o brasileiro reclama de tudo no boteco, e depois vai jogar bola... não se envolve, não protesta. muito diferente do europeu.

copenhagen até os anos 70 não era amigável às bikes. tornou-se depois de um cicloativismo agressivo. antes disse, o mesmo aconteceu nos anos 60 em amsterdam. os provos revolucionaram as políticas urbanas.  das bicicletas brancas à pintura de ciclo-faixas piratas nas ruas, fizeram de tudo.

e hoje copenhagen e amsterdam são paraísos pra ciclistas....

bicicletas e política têm tudo a ver, pois tratam da cidade que queremos que seja o modelo de convivência.

800 ciclistas pelados fazem muito pela bicicleta. pois quem tira a roupa é uma minoria, sempre. se 800 tiram a roupa, 80.000 pedalam.

se 1.000 tiram a roupa, os governos percebem que pode haver 100.000, um milhão que pedale...

durante 50 anos a bicicleta andou dentro da lei. e foi tratada como brinquedo. não tava no código de trânsito... até hoje, bike importada é taxada como brinquedo, não como veículo.

e as auto-escolas ainda não ensinam as regras referentes às bicicletas, e ainda há quem divulgue o certo é a bike andar na contra-mão... estamos 50 anos atrasados em relação aos europeus. pq somos inertes...

então, as atividades dos ativistas podem ser questionadas, mas o ativismo em si não. o ativismo é que leva a sociedade à frente.

se hoje a situação da biciclet ano brasil é melhor que nos anos 80, é pq pessoas como andré pasqualinni, renata falzoni, arturo acosta, e mesmo pedro cury, levaram a bicicleta sério e foram adiante.

colocar a bicicleta na pauta de discussão, e não apenas como modalidade esportiva (pois o esporte é atividade marginal, e não principal da sociedade, apenas atividade econômica de uma pequena parcela de profisisonais), mas principalmente como TRANSPORTE, é necessário, pois só assim teremos inclusive um público grande qualificado pra reclamar que a globo não televisiona o tour de france....

a bicicleta como esporte depende da bicicleta como transporte. não o contrário....

então, eu não me preocupo com perguntas como se eu uso roupas apertadas, se eu tava pelado na paulista... eu já tive que tantas vezes responder se eu era retardado ou gay por não gostar de dirigir e me recusar a usar um carro e poluir o ar meu e dos outros...

ciclistas flácidos e pelados não são uma imagem bonita. mas um congestionamento é uma imagem ainda mais feia. e mais feia ainda é a imagem de uma criança com um ataque de asma alérgica por excesso de poluição no ar.

eu saúdo quem pedala pelado. pois esse peladão horroroso vai chamar a atenção pra bicicleta, e tornar o meu pedalar diário melhor....

É isso concordo na integra, se posso faço minha suas palavrasClap












Voltar para o topo
CONDE TERRANOVA Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 16 Jun 2012
Goiáz
Desconectado
Mensagens:219
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (1) Obrigado!(1)   Citação de CONDE TERRANOVA Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 30 Jan 2014 as 20:53
Olha acho isso ai uma palhaçada, um bando de imbecil, claro que esse tipo de evento não é de ciclista sério, sequer de ciclista é...

Mas o texto parece que foi escrito por um editor da Veja...  Quê tem a ver pedalada pelada com movimento estudantil dos anos 70??   Movimento de esquerda??




Editado por CONDE TERRANOVA - 30 Jan 2014 as 20:54
Voltar para o topo
victortufani Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 20 Jan 2016
Rio de Janeiro
Desconectado
Mensagens:18
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de victortufani Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 28 Fev 2017 as 13:43
Desenterrando o post em 2017 para reiterar que o autor é extremamente reacionário em seu texto. Chega a ser infantiloide e ridículo o tom de generalização. Comparar qualquer ajuntamento cicloativista a "esquerda, esquerda, esquerda" é típico dos boçais que desfilaram de verde e amarelo em frente às câmeras da Globo nos recentes eventos pró-FIESP e pró-golpe.

O ciclismo precisa de ventilação intelectual e política, gente que compreenda que há um esforço de décadas para que a indústria automobilística dê as cartas e para que as cidades tenham seu planejamento voltado para o trânsito rodoviário e não para o compartilhamento das vias e a circulação em segurança de PESSOAS, estejam elas a bordo de veículos ou não. 
Voltar para o topo
luyggi Ver Drop Down
Avatar

Registrado: 02 Mar 2013
caxiasdosul rs
Desconectado
Mensagens:305
Opções de Post Opções de Post   Obrigado! (0) Obrigado!(0)   Citação de luyggi Citação de  ResponderResposta Link direto para este Post Enviado: 28 Fev 2017 as 17:57
Li todo o tópico hoje á tarde... Não li os nomes dos envolvidos em discussão... pra mim não interessa quem é quem, esquerda ou direita... li pelo simples interesse em saber o que as pessoas pensam sobre o assunto... cheguei à conclusão que o povo brasileiro está cada vez mais se rotulando. Ex: coxinha e mortadela, ciclista e cicloativista, com capacete e sem capacete, pelado e vestido, etc... TUDO TEMPO PERDIDO, DISCUSSÃO QUE NÃO LEVA A LUGAR NENHUM... e se foi certo ou errado, não posso opinar pois vi muito pouco a respeito do ocorrido mas, sobre o que aqui foi escrito é esta minha conclusão.
pedalar pra viver ou viver para pedalar
Voltar para o topo

 Responder Responder Página  <12
  Compartilhar   


Ir para Permissões do Fórum Ver Drop Down

Forum Software by Web Wiz Forums® version 11.06
Copyright ©2001-2016 Web Wiz Ltd.