Omloop Het Nieuwsblad 2016 - Van Avermaet vence na Bélgica.


27 FEV, 2016     Gustavo Figuereido    



A temporada de Clássicas 2016 começou em grande estilo, com bastante disputa e uma vitória de tirar o chapéu para Greg Van Avermaet (BMC Racing), que conquistou o lugar mais alto no pódio pela primeira vez em 2016. Em segundo lugar ficou Peter Sagan (Tinkoff) com Tiesj Benoot, da Lotto Soudal, em terceiro.

imagem
Greg Van Avermaet, o vencedor da Omloop Het Nieuwsblad 2016. Foto: BMC / Facebook / Reprodução


Como de costume, a prova começou em Gent e, na lista de favoritos, figuravam nomes como Tom Boonen (Etixx-QuickStep), Peter Sagan e a jovem estrela belga Tiesj Benoot, atleta que é cotado para ser o substituo de Boonen no coração dos classicomanos belgas.

A Prova

Uma grande fuga com 12 atletas partiu pelas estradas repletas de trechos de paralelepidos e, imprimindo um ritmo muito forte, chegaram a abrir mais de cinco minutos de vantagem do grupo principal. Porém, os homens da Etixx-QuickStep e da Katusha trataram de rumar para a frente do pelotão, em uma tentativa de trazer os escapados de volta.

Com a pressão, o grupo de líderes passou a perder tempo para o pelotão. Sentindo o forte ritmo, a fuga começou a desintegrar-se. Quando a vantagem dos ponteiros era de cerca de dois minutos, Luke Row (Team Sky) lançou uma forte aceleração na subida do Taaienberg. Apenas o jovem Benoot e Greg Van Avermaet conseguiram seguir de perto o movimento do homem da Sky. Percebendo a situação de extremo perigo, Peter Sagan saiu no encalço dos escapados desesperadamente, conseguindo reunir-se com eles mais a frente - porém, certamente este movimento custou-lhe muitas energias que provavelmente fizeram falta mais a frente na prova.

imagem
Peter Sagan, segundo lugar na Omloop Het Nieuwsblad 2016. Foto: Tinkoff / Divulgação


Depois de juntarem-se aos escapados remanecentes, uma série de acelerações e ataques terminou de destruir o grupo da ponta. Atrás, a Etixx-QuickStep montou uma tentativa de captura que manteve a tensão alta até os últimos momentos da prova. Porém no fim, um pequeno grupo de 5 atletas rumou livre em direção a linha de chegada. Nele, Peter Sagan, Tiesj Benoot, Greg Van Avermaet, Luke Rowe e Alexis Gougeard lutariam cabeça a cabeça pela vitória final.

Van Avermaet lançou sua aceleração a cerca de 300 metros da meta. Logo que ele acelerou, formou-se um pequeno buraco entre ele e Sagan. Mesmo imprimindo toda sua força, o atual campeão do mundo não foi capaz de montar na roda e ultrapassar Avermaet, que mostrou-se ser claramente o mais forte do dia.



Resultados da Prova

1 Greg Van Avermaet (Bel) BMC Racing Team 4:54:12
2 Peter Sagan (Svk) Tinkoff Team
3 Tiesj Benoot (Bel) Lotto Soudal
4 Luke Rowe (GBr) Team Sky
5 Alexis Gougeard (Fra) AG2R La Mondiale 0:00:05
6 Jens Debusschere (Bel) Lotto Soudal 0:00:09
7 Adrien Petit (Fra) Direct Energie
8 Edward Theuns (Bel) Trek-Segafredo
9 Jasper Stuyven (Bel) Trek-Segafredo
10 Matthieu Ladagnous (Fra) FDJ


Comentários





Relacionados