Esta primeira parte da cobertura especial do Eurobike 2011 já vai dar o que falar. Das inúmeras novidades apresentadas na feira, destacamos um pouco da Acros, Mavic, Sram, X-Fusion, Ritchey, BMC, Mondraker e muitos outros, com fotos e descrições.

Acros

imagem
A marca alemã apostou no seu câmbio hidráulico para fisgar de vez o consumidor que gosta de um verdadeiro produto high-end. Esse novo tipo de mecanismo já tinha sido anunciado aqui no Pedal. No Eurobike o público pôde conferir de perto este novo sistema, que vem ganhando mais espaço no mercado.

A Acros lançou também uma caixa de direção com Block Lock. Trata-se de uma trava interna com um "para-choque", que permite o amortecimento de impactos, evitando a trepidação do guidão caso as peças folguem.

Outra característica deste produto é a limitação que ele pode oferecer no guidão. Um giro maior de 90° no guidão será bloqueado por uma borracha interna (batente). Ou seja, se o piloto cair, o guidão não dará aquele giro completo, além de não bater no top tube do quadro. Em caso de danos essas borrachas são facilmente substituíveis.

Kind Shock

O novo Canote KS tem 6 polegadas de curso. Diferente do modelo anterior, os cabos são internos, como os Rock Shox Reverb. Uma variação de regulagens também pode ser configurada.

imagem

SRAM

Uma das grandes novidades da marca americana foi o grupo X5 com 10 velocidades, levando essa tecnologia para os grupos mais básicos. Já anunciado meses antes, o público também pôde conferir de perto o novo grupo X0, específico para Downhill.

Rock Shox

Novo amortecedor Monarch XX Carbon, nova suspensão Sid XX 29, Canote Reverb Stealth, Boxxer Krionity e amortecedor de mola Kage para DH com preço mais baixo foram os destaques que a Rock Shox apresentou. A linha Sid entrou no plantel das bikes 29" com o modelo XX, que oferece todas as qualidades que a suspensão já tinha nos modelos 26".

imagem

El Gallo

A marca espanhola apresentou novos pedais de plástico pesando menos de 400g. Punhos com borrachas diferentes para ter maior pegada na mão e outra para maior conforto. Um canote ajustável com apenas duas posições (alto e baixo), funcionamento a mola e peso abaixo de 500g.

Mavic

A Mavic deixou de fabricar somente rodas. Ciclocomputadores, sapatilhas, roupas e luvas já estão sendo vistos nos ciclistas há um bom tempo. Agora, a marca mais tradicional da França aposta em mais um novo acessório: capacetes. Com um design diferenciado, a linha de capacetes vem com três modelos: Plasma SLR (285 gramas - M); Plasma (290 gramas – M); e Syncro (270 gramas – M).

Sem deixar as rodas de lado, a nova Crossmax SLR não poderia deixar de perder uma gramas, com um visual encantador.

imagem

Marzocchi

Das diversas suspensões oferecidas pela Marzocchi, a Corsa 29 foi a que mais chamou atenção por ser o modelo mais top da linha. Com apenas 1590 gramas e com o curso de 80 / 100mm, o garfo para bikes 29 tem canelas de 32mm em alumínio niquelado e hastes de magnésio com o eixo de 15mm – uma tendência para rodas gigantes. Internamente, o sistema vem com mola e ar em um lado e o seu amortecimento em TST sobre micro, com regulador, além da compressão e limite do blowoff.

Manitou

A grande mudança da Manitou foi a linha Marvel, que substituiu a gloriosa e premiada Minute. Com um design mais robusto, a marca americana foca na rigidez. Combinado com o eixo de 15mm e canelas de 32mm, armadura completa para enfrentar qualquer obstáculo agressivo do cross country ou all-mountain com variação de 100mm ou 120mm. Peças de alumínio internas e não de plásticos, complementam a durabilidade da nova linha.

O modelo mais cobiçado, a R7, não teve muita mudança. O arco e dropouts estão mais reforçados. Pequenos refinamentos internos e grafismos finalizaram o modelo.

X-Fusion

Agora a Velvet e a Vengenace tem um modelo DLA, que permite ajuste externo de curso, o que vai deixar muitos bikers satisfeitos. O canote ajustável Hilo, ganha mais uma polegada com a versão 125mm, que antes era 100mm.

imagem

BMC

A marca campeã do Tour de France 2011 foi a sensação, com a presença da bicicleta Time Machine e do seu piloto, o australiano Cadel Evans. Todas as atenções do estande estavam voltadas para as duas celebridades. Uma coletiva de imprensa foi realizada com a presença de Evans, apresentando a bicicleta campeã e suas tecnologias.

Storck

Bike elétrica Storck Voltist. Ainda não falaram detalhes, mas a bike será feita com o quadro em peça única, com bateria removível e encaixe para smart-phone.

Magura

O freio MT8 da Magura foi o maior destaque da marca. Feito totalmente em carbono super leve. Manete e calipers extremamente enxugados, puxando um pouco para o lado dos Fórmula e Ashima. Além desta novidade, um dos seus freios (para bike elétrica) ganhou prêmio Eurobike Award.

imagem

Giant

Além dos seus modelos tradicionais como ciclismo e mountain bike com diversas novidades, a maior fabricante de bicicletas do mundo apostou no segmento híbrido e elétrico. Destaque para os motores convencionais (tração traseira) e dianteira, com cubos que trabalham em sincronismo; superior aos tradicionais. Modelos de mountain bike com motores mais leves também chamaram atenção.

SMART

A tradicional empresa de carros Smart lançou uma bike elétrica. Entrando no mesmo conceito de muitas marcas de automóveis, a Smart aposta no segmento da mobilidade urbana ecologicamente correta. Autonomia de carga fica entre 90km rodados ou aproximadamente 3 horas de uso. O interessante da bike é que a energia de frenagem é capturada pelo cubo traseiro e transformada em energia elétrica, que é armazenada para uso posterior na bateria.

Ritchey

Tom Ritchey apresentou o seu novo brinquedo com liga de alumínio: mesa C260; que chega ao mercado com o peso de 100g. Até aí poderia dizer que está tudo normal, mas o que dizer de uma mesa quatro vezes mais forte do que os outros modelos da linha ?

O “C” no C260 não significa carbono. A leveza e resistência da nova mesa dão-se pelo uso da nova geração da liga Alcoa, aliado ao novo design. A resistência não é o único fator, mas rigidez e o melhor controle da direção são qualidades que são encontradas na mesa. Na parte traseira da mesa (local que fixa o garfo), usam-se três parafusos de 4mm e o design do raio da fenda é na forma de uma "lua crescente".

imagem

Bosch

Além de tecnologia automotiva, industrial, construção e bens de consumo, a Bosch mostrou que sabe fazer produto para bicicleta. A empresa apresentou um motor para bikes elétricas, com destaque para os seus mais de 30 clientes (marcas de bike famosas) já firmados.

Líder mundial no fornecimento de tecnologia e serviços, o grupo alemão inovou no conceito com um diferente ciclo computador (HMI). Além de mostrar o status da bateria e modos de apoio, o HMI também controla e exibe a velocidade e a distância percorrida, como outros serviços opcionais para equilibrar a velocidade média e desgaste da bateria (autonomia).

NS Bikes

O Brasil está na cabeça de todos. Sem nenhuma representatividade comercial aqui no país, a NS Bikes apresentou uma linha especial em homenagem ao Brasil, chamada Brazilian Acid, que conta com cores verde e amarela brilhante. Além desta novidade, a marca também mostrou que está firme e forte no movimento da bike fixa, mais precisamenta puxando para o lado da linha extrema - seu forte.

imagem

Tern

Com o nome da ave migratória, Tern Bikes lançou a sua linha de bicicletas com 22 modelos na Taipei Cycle Show neste ano. De lá para cá, a fábrica não parou. Uma bike dobrável, com um estilo diferenciado das tradicionais chama atenção. Nos bastidores, a história é que a Tern tem grande influência da Dahon, por ter sido formada por membros que saíram desta última empresa.

Dahon

A mais famosa das bikes dobráveis deixou a desejar para muitos visitantes que passaram pelo estande. A empresa não deixou fotografar seus modelos. Depois de nos impedir de tirar fotos, nem temos vontade de conhecer as bicicletas. Porém, a novidade foi uma bike dobrável com amortecedor traseiro.

Fique atento para a segunda e ultima parte do especial.


Fotos (59)

foto 0 - foto 1 - foto 2 - foto 3 - foto 4 -
foto 0 - foto 1 - foto 2 - foto 3 - foto 4 -
foto 0 - foto 1 - foto 2 - foto 3 - foto 4 -
foto 0 - foto 1 - foto 2 - foto 3 - foto 4 -
foto 0 - foto 1 - foto 2 - foto 3 - foto 4 -
foto 0 - foto 1 - foto 2 - foto 3 - foto 4 -
foto 0 - foto 1 - foto 2 - foto 3 - foto 4 -
foto 0 - foto 1 - foto 2 - foto 3 - foto 4 -
foto 0 - foto 1 - foto 2 - foto 3 - foto 4 -
foto 0 - foto 1 - foto 2 - foto 3 - Cadel Evansfoto 4 -
foto 0 - foto 1 - foto 2 - foto 3 - foto 4 -
foto 0 - foto 1 - foto 2 - foto 3 -

23 SET, 2011      Guiné     


Compartilhe




Oferta de Produtos

Bicicleta Scott Scale 960 2015 29er

Bicicleta Scott Scal...

R$ 6999,9

Bicicleta Scott Aspect 720 2015

Bicicleta Scott Aspe...

R$ 4899,9

Bicicleta Scott Scale 970 29er 2015

Bicicleta Scott Scal...

R$ 4999,9

Bicicleta Scott Scale 700 Team 2015 27,5

Bicicleta Scott Scal...

R$ 11599

Bicicleta Scott Aspect 740 2015 27,5

Bicicleta Scott Aspe...

R$ 3699,9